Hyracotherium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Como ler uma caixa taxonómicaHyracotherium
Hyracotherium Eohippus hharder.jpg

Estado de conservação
Extinta (fóssil)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Perissodactyla
Família: Palaeotheriidae
Género: Hyracotherium
Owen, 1841
Nome binomial
Hyracotherium leporinum
Owen, 1841
Sinónimos
Eohippus Marsh, 1876

Hyracotherium ("besta parecida com um Hyrax") era considerado o mais antigo membro da família dos cavalos. Hoje em dia é considerado um paleoterídeo da família Perissodactyla, aparentado com os cavalos e brontotérios. O Hyracotherium era do tamanho de um cão e vivia por todo o Hemisfério Norte no Eoceno, entre 60 e 45 milhões de anos atrás.

O primeiro fóssil deste animal foi encontrado na Inglaterra pelo paleontologista Richard Owen em 1841, que pensou que se tratava de um hyrax devido à sua dentição. Apesar de não ter o esqueleto completo resolveu chamar-lhe "besta parecida com um Hyrax". Em 1876, Othniel Charles Marsh encontrou o esqueleto completo na América, ao qual deu o nome de Eohippus ("cavalo da madrugada ou cavalo do amanhecer"). Quando se deu conta que os dois achados eram o mesmo animal, o nome Hyracotherium tornou-se oficial e Eohippus acabou por ser um sinônimo.

O Hyracotherium tinha 60 cm de comprimento e 20 cm de altura até o ombro. Tinha 4 dedos nas patas da frente e 3 nas de trás, dedos esses semelhantes a cascos, nos quais iriam evoluir mais tarde. Tinha 44 dentes no seu crânio alongado. Crê-se que comia plantas, bem como alguns frutos.

Alguns cientistas pensam que o Hyracotherium não é só o ancestral dos cavalos como também de outros perissodáctilos como o tapir e o rinoceronte.

Ver também[editar | editar código-fonte]