I'm Breathless

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
I'm Breathless
Trilha sonora de Madonna
Lançamento 22 de Maio de 1990
Gravação 1990
Gênero(s) Jazz, swing
Duração 44:42
Gravadora(s) Sire / Warner Bros.
Produção Madonna, Patrick Leonard, Bill Bottrell, Kevin Gilbert, Shep Pettibone
Cronologia de trilhas sonoras de Madonna
Último
Último
Who's That Girl
(1987)
Evita
(1995)
Próximo
Próximo
Cronologia álbuns de Madonna
Último
Último
Like a Prayer
(1989)
The Immaculate Collection
(1990)
Próximo
Próximo
Singles de I'm Breathless
  1. "Vogue"
    Lançamento: 20 de Março de 1990
  2. "Hanky Panky"
    Lançamento: 30 de Junho de 1990


I'm Breathless é um álbum de 1990 da cantora Madonna. É a trilha sonora do filme Dick Tracy, estrelado pela própria Madonna em 1990 com Warren Beatty, Al Pacino e Dustin Hoffman.

No filme, Madonna interpreta a personagem Breathless Mahoney, uma sedutora cantora de uma boate comandada pelo chefão do crime.

Envolvida nesse clima de época, Madonna acabou criando um trabalho totalmente inusitado para uma cantora que, apesar do sucesso e boas críticas adquiridas com o "Like a Prayer", ainda era considerada pop e comercial demais. Madonna criou um disco conceitual. Nele ela encarna Breathless e interpreta músicas novas, compostas por ela e seus colaboradores, num clima de anos 30 e 40, com direito a big bands, coros e sapateado.

Stephen Sondheim, um dos melhores compositores da Broadway escreveu três das músicas do álbum: a vencedora do Oscar de Melhor Canção "Sooner or Later"; "More" (que pode ser considerada uma versão anos 30 de "Material Girl"); e "What Can You Loose". Essas três músicas fizeram parte do filme "Dick Tracy".

Inusitada no disco é a presença do ator Warren Beaty cantando com a Madonna em "Now I`m Following You (part I)". Em "Now I`m Following You (part II)" Madonna brinca com o conceito do álbum e desestrutura a música, transformando-a numa faixa dançante moderna.

Informações sobre o álbum[editar | editar código-fonte]

Uma curiosidade desse período é que foi lançado no Reino Unido uma compilação em fita de vídeo cassete dos clipes da Madonna com o título "She's Breathless" com os seguintes vídeos: Like a Virgin, Material Girl, Into The Groove, Angel, Dress You Up, Borderline (edit), Live To Tell (edit), Papa Don't Preach, True Blue, Open Your Heart (remix), La Isla Bonita (remix), Who's That Girl, Causing a Commotion, Like a Prayer, Express Yourself, Cherish, Dear Jessie e Vogue. Essa fita é uma raridade para os fãs.

"I'm Breathless" foi lançado em CD, fita cassete e vinil.

'Vogue' foi indicado ao Grammy de 1991 por 'Melhor Gravação Dance'

As canções Sooner Or Later, What Can You Lose e Vogue possuem outras versões totalmente diferentes das publicadas no álbum. Segundo Shep Pettibone, as músicas foram reescritas quando Madonna se deu conta de que a produção do filme Dick Tracy estava a cargo da Disney. Para evitar maiores conflitos as músicas foram reescritas e regravadas. As versões originais possuiam letras um pouco mais controversas e atualmente encontram-se guardadas a 'sete-chaves' nos arquivos da Biblioteca do Congresso.

A imprensa musical divulgou na época a suposta existência de duas músicas 'perdidas': Dog House e To Love You. Essas canções teriam sido concebidas durante a gravação do álbum e teriam ficado de fora do set-list do mesmo. Fãs mais fervorosos garantem que essas gravações estão no banco de dados da Warner.

Crítica e Vendas[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 2 de 5 estrelas.Star full.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[1]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[2]

O disco recebeu ótimas críticas pelo trabalho de retrô de Madonna nas sonoridades Jazz, Soul e o Blues, mas não foi tão bem aceito pelo público: 2 milhões de cópias nos EUA e 8 milhões no resto do mundo. O que impulsionou muito as vendas do álbum foi o fenômeno "Vogue", já que quase não houve divulgação do álbum e apenas 2 singles seriam lançados sendo que apenas um deles teria clipe. O álbum totaliza 10 milhões de cópias vendidas.


Alinhamento de faixas[editar | editar código-fonte]

# Título Produtor(es) Duração
1. "He's A Man"     4:44
2. "Sooner Or Later"     3:20
3. "Hanky Panky"     3:59
4. "I'm Going Bananas"     1:43
5. "Cry Baby"     4:05
6. "Something To Remember"     5:04
7. "Back In Business"     5:13
8. "More"     4:58
9. "What Can You Lose"     2:09
10. "Now I'm Following You, Pt. I"     1:34
11. "Now I'm Following You, Pt. II"     3:18
12. "Vogue"     4:49

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Vogue
  • Hanky Panky
  • Sooner or Later (promocional)
  • Now I'm Following You (promocional)

Certificados[editar | editar código-fonte]

Austria Gold[3]
Brazil Gold[4]
Canada 2× Platinum[5]
Finland Gold[6]
Germany Gold
Netherlands Gold[7]
Spain 2× Platinum
Switzerland Gold[8]
United Kingdom 2× Platinum[9]
United States 2× Platinum[10]

Referências

  1. Stephen Thomas Erlewine (2002). Critica do álbum I'm Breathless - Madonna (Allmusic). Página visitada em 29 de Agosto de 2012.
  2. Mark Coleman (14 de Junho de 1990). Crítica da Rolling Stone: Álbum I'm Breathless. Página visitada em 29 de Agosto de 2012.
  3. IFPI Austria (em (em alemão)). Ifpi.at (2011-03-30). Página visitada em 2011-08-23.
  4. ABPD. ABPD. Página visitada em 2011-08-23.
  5. Canadian Recording Industry Association (CRIA): Gold & Platinum. Cria.ca. Página visitada em 2011-08-23.
  6. IFPI Finland. Ifpi.fi. Página visitada em 2011-08-23.
  7. NVPI. Nvpi.nl (2011-04-11). Página visitada em 2011-08-23.
  8. Steffen Hung. IFPI Switzerland. Swisscharts.com. Página visitada em 2011-08-23.
  9. BPI
  10. Billboard – Ask Billboard. Billboard.biz. Página visitada em 2011-08-23.


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Madonna é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.