Instituto dos Auditores Independentes do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de IBRACON)
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps important.svg ATENÇÃO: Este artigo ou secção não cita as suas fontes ou referências, em desacordo com a política de verificabilidade. Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto ou em notas de rodapé.

O IBRACON (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil) é uma organização brasileira que se propõe a defensor dos interesses dos auditores e contadores frente aos órgãos públicos no Sul. É responsável também por editar e aprimorar normas éticas e técnicas da profissão de contador e auditor.

Institucional O Ibracon – Instituto dos Auditores Independentes do Brasil foi constituído em 13 de dezembro de 1971. O Ibracon surgiu da união de dois institutos que congregavam contadores que trabalhavam com auditoria independente: o Instituto dos Contadores Públicos do Brasil (ICPB) e o Instituto Brasileiro de Auditores Independentes (Ibai), que se uniram para a obtenção de uma melhor estrutura e representatividade em benefício da profissão. Assim foi criado o Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (IAIB). Eram tempos de mudanças, como os de hoje em dia. O mercado de capitais brasileiro, após rápida e expressiva expansão, havia entrado em colapso, causando sérios problemas à economia da época. O Ibracon esteve presente quando da reorganização do mercado de capitais após a quebra da Bolsa, em 1970. O Instituto foi criado justamente para auxiliar no processo de reconstrução, quando a auditoria independente passou a ser obrigatória para as empresas de capital aberto e o primeiro conjunto de normas sobre demonstrações contábeis foi escrito e adotado por meio da Circular Nº 179 do Banco Central do Brasil. Por trás daquelas novidades estava o então Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (IAIB), atualmente Ibracon. Desde 1971, o Ibracon luta em prol do fortalecimento da profissão no Brasil e das estruturas de mercado. Para isso, ao longo dos anos, o Ibracon desenvolveu fortes relacionamentos internacionais, como forma de contribuir com o desenvolvimento da profissão no Brasil. Exemplo disso é o fato do Instituto estar presente na fundação da Federação Internacional dos Contadores (Ifac), nos idos de 1977, permanecendo até os dias de hoje como associado e interagindo intensamente em seus processos. Hoje em dia, esses relacionamentos internacionais se ampliaram. A parceria com a IFRS Foundation permitiu que o Ibracon se tornasse a entidade autorizada a traduzir o Livro Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRS), emitidas pelo IASB (International Accounting Standards Board). Com isso, participou e participa no processo de convergência de normas internacionais em todos os seus estágios, inclusive na criação do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) e no desenvolvimento de seus trabalhos. Outro importante relacionamento internacional é com o American Institute of Certified Public Accountants (AICPA).


Arcabouço contábil

Foi o Ibracon quem primeiro se ocupou em organizar e estabelecer um arcabouço contábil para o Brasil, ao mesmo tempo em que estabeleceu as primeiras normas de auditoria independente. Isso pode ser confirmado pelo reconhecimento à época das normas emitidas pelo Ibracon pelos reguladores da profissão e do mercado. Também esteve presente na discussão da reforma da Lei das Sociedades por Ações, contribuindo com ideias e sugestões. Ao longo desse trajeto, a visão e opinião foram sempre de contribuir com o desenvolvimento da Contabilidade e da Auditoria Independente no Brasil. As opiniões do Ibracon, ao longo dos anos, foram ouvidas e consideradas e, sem dúvida, contribuíram para a melhoria do ambiente contábil brasileiro. Dessa forma, o Ibracon participou de todos os eventos que envolveram o mercado de atuação dos profissionais que representa, cumprindo um serviço de dedicação à profissão e ao País. O Ibracon é a voz e a face da auditoria independente no Brasil e busca orientar e apoiar seus associados nos assuntos emergentes e relevantes. Agora, no ano de seu Jubileu de Esmeralda, o Ibracon está envolvido no processo de aprimoramento dos diversos níveis de profissionais que atuam em nosso mercado. E continua imbuído de um único propósito, que é o de fortalecer a atividade de auditoria independente e levá-la mais preparada e modernizada para enfrentar os desafios do futuro.

Elementos estratégicos

Missão Manter a confiança da sociedade na atividade de auditoria independente e a relevância da atuação profissional, salvaguardando e promovendo os padrões de excelência em contabilidade e auditoria independente.

Visão Ser reconhecido como: - Órgão representativo dos interesses políticos, profissionais e educacionais dos auditores independentes; - Agente participante da regulação da atividade de contabilidade e auditoria independente em convergência com as demais entidades reguladoras; - Difusor do papel e responsabilidade dos associados; - Referência técnica e educacional em assuntos ligados à auditoria independente e contabilidade; - Organização voltada para a proteção do interesse público.

Valores - Ética; - Independência; - Transparência; - Coerência e continuidade de propósitos; - Trabalho em equipe; - Liderança pelo exemplo; - Excelência

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Fonte: http://www.ibracon.com.br/ibracon/Portugues/detInstitucional.php?cod=1

Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.