iOS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2013).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.


Apple iOS new.svg
Print
Print de um iPhone com iOS 7
Produção Apple Inc.
Família do SO Mac OS X/Unix-like
Modelo iPhone, iPod touch, iPad, Apple TV
Estado Estável, Ativo.
Lançamento 29 de junho de 2007 (7 anos)
Versão estável iOS 7.1.2
(30 de Junho de 2014)
Versão em teste iOS 8.0 Beta 4
(disponível apenas para desenvolvedores)
(21 de Julho de 2014)
Mercado-alvo Sistemas operacionais móveis
Método de atualização iTunes
OTA (Over-the-air)
Arquitetura(s) ARM
ARMv8 (64 bits)
Núcleo Híbrido (Darwin)
Interface Cocoa Touch (Multi-touch, GUI)
Licença Proprietário EULA exceto para componentes open source
Página oficial http://www.apple.com/br/ios

iOS (antes chamado de iPhone OS) é um sistema operacional móvel da Apple Inc. desenvolvido originalmente para o iPhone, também é usado em iPod touch, iPad e Apple TV. A Apple não permite que o iOS seja executado em hardware de terceiros.

A interface do usuário do iOS é baseado no conceito de manipulação direta, utilizando gestos em multi-toque. A interação com o sistema operacional inclui gestos como apenas tocar na tela, deslizar o dedo, e o movimento de "pinça" utilizado para se ampliar ou reduzir a imagem. Acelerômetros internos são usados por alguns aplicativos para responder à agitação do aparelho (resultando comumente no comando desfazer) ou rotação do mesmo (resultando comumente na mudança do modo retrato para modo paisagem). O iOS consiste em quatro camadas de abstração: a camada Core OS, a camada Core Services, a camada mídia, e a camada Cocoa Touch.[1]

As versões principais do iOS são lançadas anualmente. Sua versão atual, iOS 7, foi lançada no dia 18 de setembro de 2013[2] e ocupa de 1 até 1,5 GB de armazenamento do dispositivo variando para cada modelo (aproximadamente 64% maior que o seu antecessor iOS 6).[3]

História[editar | editar código-fonte]

O sistema operacional foi apresentado com o iPhone na Macworld Conference & Expo em 9 de janeiro de 2007, e lançado no mês de junho. Inicialmente, as aplicações de terceiros não eram permitidas. Steve Jobs argumentou que os desenvolvedores poderiam criar aplicativos na web que "se comportam como aplicações nativas no iPhone". Em 17 de outubro de 2007, a Apple anunciou que a SDK nativa estava em desenvolvimento e que eles esperassem para colocá-la nas "mãos dos desenvolvedores". [4]

Em 6 de março de 2008, a Apple lançou o primeiro beta, juntamente com um novo nome para o sistema operacional: o "iPhone OS". A rápida venda de dispositivos móveis da Apple acendeu interesse no SDK. A Apple também vendeu mais de um milhão de iPhones durante uma temporada de feriados de 2007. Em 27 de janeiro de 2010, a Apple anunciou o iPad, com uma tela bem maior do que o iPhone e iPod touch, e projetado para navegar na web, consumo de mídia, e da leitura de iBooks. O nome "iOS" foi usado pela Cisco Systems. Para evitar qualquer ação judicial em potencial, a Apple licenciou o "iOS" uma marca registrada da Cisco.[5]

Atualizações[editar | editar código-fonte]

A Apple oferece as principais atualizações para o iOS gratuitamente e, aproximadamente, uma vez por ano pelo iTunes e (a partir do iOS 5) como download direto, pelo próprio aparelho. A última versão, iOS 7, está disponível para o iPhone 4, iPhone 4S, iPhone 5, iPhone 5C, iPhone 5S, iPad 2, iPad (3ª geração), iPad (4ª geração), iPad Air, iPad Mini e o iPod Touch (5ª geração).[2] [6] [7]

Funcionalidades[editar | editar código-fonte]

Tela Inicial[editar | editar código-fonte]

A tela inicial (conhecida também como "SpringBoard") mostra ícones de aplicações e um dock na parte inferior da tela onde os usuários podem fixar seus aplicativos mais utilizados. A tela inicial é exibida sempre que o usuário desbloqueia o dispositivo ou pressiona o botão "Home" enquanto em outro aplicativo. A tela possui uma barra de status na parte superior para exibir dados, tais como horário, nível de bateria e força do sinal.

Desde o iPhone OS 3, uma função de pesquisa está disponível na página à esquerda da página da tela inicial que permite aos usuários pesquisar mídia (músicas, vídeos, podcasts, etc), aplicações e-mails, contatos, mensagens, lembretes, eventos de calendário e arquivos similares existentes no aparelho. A partir do iOS 7, esse recurso pode ser acessado ao puxar para baixo qualquer lugar na tela inicial.

A partir do iOS 4, o usuário pôde definir a imagem do fundo da tela inicial. Esta funcionalidade só esteve disponível a partir do iPhone 3GS, iPod Touch de 3ª geração e iPad.

Pastas[editar | editar código-fonte]

Com iOS 4, foi introduzido um sistema de pastas. Qualquer aplicativo pode ser arrastado para cima de outro para criar uma pasta (com exceção da Banca, a partir do iOS 5, que age como uma pasta)[8] e, a partir daí, mais aplicativos podem ser adicionados à pasta usando o mesmo procedimento. Um título para a pasta é automaticamente adicionado a partir da categoria de aplicações inseridas, porém o nome pode ser editado pelo usuário. Pastas não podem ser colocadas dentro de outras pastas.[9]

Central de Notificações[editar | editar código-fonte]

A partir do iOS 5, as notificações aparecem na Central de Notificações que podem ser acessadas puxando para baixo a partir do canto superior da tela. As notificações podem ser entregues em pequenos banners que aparecem acima da barra de status. O usuário pode visualizar o conteúdo com um toque na notificação.[10] [11]

Quando um aplicativo envia uma notificação enquanto fechado, um emblema vermelho aparecerá no canto do seu ícone. Este emblema informa ao usuário quantas notificações o aplicativo enviou. Abrindo-se o aplicativo, o emblema é limpo.[10]

Central de Controle[editar | editar código-fonte]

Com o iOS 7 foi introduzido uma Central de Controle que pode ser acessada puxando para cima a partir do canto inferior da tela. Nela existem opções para ativar/desativar o modo avião, Wi-Fi, bluetooth, modo "não perturbe" e bloqueio de tela, além de opções de brilho, controles de música e audio, AirDrop, AirPlay e atalhos para lanterna, relógio, calculadora e câmera.[12] [13]

Aplicativos inclusos[editar | editar código-fonte]

O sistema possui aplicativos nativos, que são instalados juntamente com o sistema e não podem ser desinstalados:

Siri[editar | editar código-fonte]

Siri é um assistente pessoal inteligente que funciona como um aplicativo nos dispositivos suportados. O serviço, dirigido por comandos de voz do usuário, pode fazer uma variedade de diferentes tarefas, como ligações ou envio de mensagens de texto para alguém, abrir um aplicativo, pesquisar na web, encontrar locais ou direções, e responder à questões de conhecimentos gerais. Siri foi atualizado no iOS 7 com uma nova interface, respostas mais rápidas, suporte para o Wikipedia, Twitter e Bing, além de uma alteração na voz para parecer mais humano.[14] [15] Siri está disponível apenas na iPhone 4S ou posterior, a quinta geração do iPod Touch, o iPad Mini e o iPad (3ª geração) e posteriores.[14]

Game Center[editar | editar código-fonte]

Game Center é uma "rede social de jogos", lançado pela Apple[16] , e foi anunciado durante um evento do iOS 4 em 8 de abril de 2010. Foi lançado em 8 de setembro de 2010, com iOS 4.1 no iPhone 4, iPhone 3GS e iPod touch de 2 ª geração e posteriores. O Game Center só foi suportado no iPad com o iOS 4.2.1.

Versões do sistema[editar | editar código-fonte]

iPhone OS 1[editar | editar código-fonte]

A primeira versão do sistema de multitoque para dispositivos móveis, foi apresentado inicialmente como uma versão móvel do OS X, porém recebeu o nome de iPhone OS no dia 3 de março de 2008, com o lançamento do kit de desenvolvimento do iPhone, ou iPhone SDK.

iPhone OS 2[editar | editar código-fonte]

Lançada juntamente com o iPhone 3G, a grande melhoria desta versão foi a inclusão pela primeira vez da App Store, tornando a instalação de aplicativos criados por terceiros disponíveis a serem instalados no iPhone e iPod touch.

iPhone OS 3[editar | editar código-fonte]

A versão foi lançada em 17 de junho de 2009 juntamente com o iPhone 3GS, e trouxe como destaques a função copiar e colar, e MMS.

iOS 4[editar | editar código-fonte]

Lançado no dia 21 de junho de 2010, foi o primeiro lançamento do sistema chamado simplesmente de "iOS". A grande novidade desta versão foi a inclusão da função multitarefa no sistema.

iOS 5[editar | editar código-fonte]

Uma prévia do sistema foi apresentada no dia 6 de junho de 2011, durante o evento da WWDC 2011. No mesmo evento foi lançado uma prévia também do novo sistema operacional para computadores Apple, o Mac OS X Lion, e anunciado um serviço baseado na nuvem, chamado iCloud. Nesta versão foi apresentado pela primeira vez a central de notificações, possibilidade de editar fotos e integração com o novo serviço, o iCloud, além de integração com o Twitter e acesso rápido a câmera pela tela de bloqueio. [17] [18]

iOS 6[editar | editar código-fonte]

Tela inicial do iOS 6

Esta versão trouxe aproximadamente 100 novos recursos, dentre eles, os mais relevantes, a função Não Pertube (faz com que não receba notificações por um periodo determinado pelo usuário), o novo aplicativo Mapas e acesso guiado para GPS, Passbook, mudança no leiaute da App Store e compatibilidade da rede 3G com o Facetime. A última versão foi a versão 6.1.3, onde foi corrigidas falhas que burlavam a tela de bloqueio do sistema que davam acesso a agenda do iPhone sem precisar digitar o código de segurança, além de correção nas brechas do jailbreak.[19] Também foi liberada logo a seguir, a versão 6.1.4 somente para o iPhone 5, que atualizou o perfil de áudio para viva-voz.[20] [21] A sexta versão do iOS é compatível com iPhone 3GS, iPhone 4 e 4s, iPhone 5, iPod Touch de quarta e quinta geração, iPad 2, iPad 3ª geração e iPad Retina e iPad mini. [22] [23]

iOS 7[editar | editar código-fonte]

Atualmente o sistema está em sua sétima versão final estável, conhecida como iOS 7, disponível ao público em 18 de setembro de 2013 e está disponível através do iTunes ou OTA (over the air, em português, "atualização pelo ar", método de atualização pelo próprio aparelho via Wi-Fi). A nova versão do sistema operacional foi apresentada ao público no WWDC 2013, evento anual da Apple que ocorreu dia 10 de junho de 2013. O sistema é compatível com iPhone 4 e posteriores, iPad 2, Retina, Air e iPod touch de 5ª geração.[7]

O iOS 7 apresentou a maior mudança de interface gráfica entre uma versão atual e a anterior desde sua primeira versão. Além das mudanças visuais, o sistema também adquiriu uma nova ferramenta de acesso rápido aos aplicativos mais utilizados, como calculadora, lanterna (luzes do flash), temporizador, câmera, AirDrop, além de poder ativar e desativar algumas funções do sistema, como desativar a rede Wi-Fi e ajustar o brilho. Todos ícones de aplicativos nativos ganharam novo design e layouts internos. Siri (assistente de voz da Apple), agora possui também a opção de voz masculina para a voz inglesa.[7] [24]

A última versão lançada foi a 7.1, no dia 10 de março de 2014, apresentando mudanças estéticas no sistema, como reparos de segurança e algumas mudanças no design.[25] Os atuais aparelhos compatíveis com o iOS 7 são:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Conteúdo do site "iOS Developer Library - Survey the Major Frameworks"
  2. a b http://olhardigital.uol.com.br/noticia/37627/37627
  3. iOS 6 ocupa 10 vezes mais espaço do que o primeiro iPhone OS. Olhar Digital (20 de setembro de 2012).
  4. http://www.targettrust.com.br/blog/o-que-e-ios/
  5. Artigo no site Paidcontent sobre "Apple Avoids iPhone-Like Trademark Battle Thanks To Cisco"
  6. http://support.apple.com/kb/HT4623?viewlocale=pt_BR&locale=pt_BR
  7. a b c http://www.apple.com/br/ios/whats-new/
  8. http://macmagazine.com.br/2011/09/21/saiba-como-vai-funcionar-a-newsstand-nova-banca-de-revistas-do-ios-5/
  9. http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2012/08/como-criar-pastas-no-iphone-ou-ipad.html
  10. a b http://support.apple.com/kb/HT3576?viewlocale=pt_BR
  11. http://www.apple.com/br/ios/whats-new/#notification-center
  12. http://support.apple.com/kb/HT5858?viewlocale=pt_BR
  13. http://www.apple.com/br/ios/whats-new/#control-center
  14. a b https://www.apple.com/ios/siri/
  15. http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2013/09/conheca-os-novos-comandos-da-assistente-siri-no-ios-7.html
  16. http://support.apple.com/kb/HT4314?viewlocale=pt_BR
  17. http://tecnologia.uol.com.br/album/oquemuda_ios5_album.htm
  18. http://tecnoblog.net/67240/ios-5-integracao-com-twitter-centro-de-notificacoes-e-outros/
  19. Apple lança atualização para o iOS 6.1.3. Tecmundo (19 de março de 2013). Página visitada em 28 de junho de 2013.
  20. Apple libera atualização iOS 6.1.4 apenas para iPhone 5. MacWorld Brasil (02 de maio de 2013). Página visitada em 28 de junho de 2013.
  21. Atualização de Software iOS 6.1.4 (em português). Suporte Apple. Página visitada em 14 de Maio.
  22. http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/09/o-que-ha-de-novo-no-ios-6.html
  23. http://macworldbrasil.uol.com.br/noticias/2012/09/19/ios-6-chega-hoje-conheca-as-novidades-do-sistema-do-iphone-e-ipad/
  24. https://www.apple.com/pt/ios/design/
  25. Apple libera versão pública do iOS 7.1 para todos os usuários

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Apple logo black.svg Portal Apple Inc.