Ibimirim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ibimirim
Bandeira de Ibimirim
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 20 de dezembro
Fundação 20 de dezembro de 1963
Gentílico ibimiriense
Lema Capital Nacional do Caprino da Raça Moxotó
Prefeito(a) José Adauto da Silva (PP)
(2013–2016)
Localização
Localização de Ibimirim
Localização de Ibimirim em Pernambuco
Ibimirim está localizado em: Brasil
Ibimirim
Localização de Ibimirim no Brasil
8° 32' 26" S 37° 41' 25" O8° 32' 26" S 37° 41' 25" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Sertão Pernambucano IBGE/2008 [1]
Microrregião Sertão do Moxotó IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Limita-se ao Norte com Sertânia e Custódia; ao Sul com Inajá e Manari; ao Leste com Tupanatinga e a Oeste com Floresta
Distância até a capital 339 km
Características geográficas
Área 2 033,593 km² [2]
População 28 403 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 13,97 hab./km²
Altitude 401 m
Clima Semiárido BSh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,552 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 143 876 mil IBGE/2011[5]
PIB per capita R$ 5 298 34 IBGE/2011[5]
Página oficial

Ibimirim é um município do estado de Pernambuco, no Brasil. Possui dois distritos: Ibimirim (sede) e Moxotó, e os povoados de Jeritacó, Poço da Cruz, Agrovilas, Campos, Lagoa da Areia e Puiú.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Seu nome possui origem tupi: significa "terra pequena" (pela junção de yby, terra e mirim, pequeno[6] ).

História[editar | editar código-fonte]

Ibimirim já pertenceu ao hoje extinto município de Moxotó, bem como ao atual município de Inajá. Era um distrito e seu nome era "Mirim". Em 9 de dezembro de 1938, passou a denominar-se "Ibimirim". Ibimirim recebeu status de município pela lei estadual 4 956, de 20 de dezembro de 1963, com território desmembrado do município de Inajá.[7] [8] .

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 08º32'26" sul e a uma longitude 37º41'25" oeste, estando a uma altitude de 401 metros.

Possui uma área de 1 901,5 km² e está distante 339 km do Recife.

Em 2000, sua população era de 24 340 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

No Censo Demográfico de 2010, constatou-se que Ibimirim possui 26 959 habitantes, sendo 13 336 do sexo masculino e 13 623 do sexo feminino. No mesmo censo, verificou-se que, dos 26 959 habitantes, 14 897 residem na área urbana e 12 062 na área rural. A estimativa da população em 2012, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, é de 27 349 habitantes.

Clima[editar | editar código-fonte]

  • Tipo de clima: semiárido
  • Precipitação pluviométrica: 866,3 mm
  • Temperatura média anual: 25,7 °C
  • Meses chuvosos: março a julho

O verão da cidade é muito quente, com máximas entre 30 °C a 37 °C, com mínimas entre 14 °C e 23 °C. O inverno é ameno, com máximas entre 26 °C e 33 °C, com mínimas entre 11 °C e 16 °C. A primavera é bastante quente, com máximas chegando aos 40 °C.

Gráfico climático para Ibimirim
J F M A M J J A S O N D
 
 
78
 
34
21
 
 
84
 
33
20
 
 
142
 
34
20
 
 
139
 
34
20
 
 
73
 
32
19
 
 
127
 
31
18
 
 
65
 
28
16
 
 
30
 
29
17
 
 
34
 
32
18
 
 
15
 
33
19
 
 
25
 
36
22
 
 
49
 
35
22
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: LAMEPE (Temp. Máxima) LAMEPE (Temp. Mínima) Jornal do Tempo (Precipitações e temperatura)

Divisão distrital e povoados[editar | editar código-fonte]

  • Distritos: sede e Moxotó.
  • Povoados: Poço da Cruz, Poço do Boi, Jeritacó, Campos, Lagoa da Areia, Puiú e Agrovilas, III, IV, V e VIII.

Bairros[editar | editar código-fonte]

A sede do município é formada pelos bairros: Centro, Lages, Ângelo Gomes, Pe Cícero, Vila da Caixa, Cohab, Agrovila I, Areia Branca e Boa Vista.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O município está situado na bacia do Rio Moxotó.

Relevo[editar | editar código-fonte]

Está localizado na região das bacias sedimentares. Seu relevo é suave ondulado, com altitude variando entre 350 e 700 metros.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação é composta por caatinga hiperxerófila.

Cultura[editar | editar código-fonte]

A cidade de Ibimirim apresenta uma forte tradição em esculturas de madeira. Por ser uma cidade extremamente religiosa, os detentores dessa arte se dedicam a criar santos de madeira. A fama dos santeiros, como são chamados na cidade, já percorreu o mundo, chegando aos limites do Vaticano, onde existe a presença da arte ibimiriense.

Assim como toda cidade de interior nordestino, Ibimirim possui uma tradição junina também muito forte. Esse é o mês mais esperado do ano pelos moradores da pacata cidade. É quando há 2 semanas de festa dedicada ao padroeiro da cidade, Santo Antônio. Nesse mês, a cidade recebe a visita de todos os seus emigrantes, parentes e amigos, que se reúnem para, talvez, o melhor momento do ano para os moradores. Ibimirim possui também grande fama na criação de bode, tendo uma deliciosa carne em seus restaurantes, reconhecida por muitos como a melhor carne assada de bode de todo o Brasil. Aos finais de semana, os moradores se reúnem para se divertirem enquanto comem essa deliciosa iguaria.

Fontes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa Populacional 2014 Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (agosto de 2014). Página visitada em 29 de agosto de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 01 de outubro de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2011 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 18 dez. 2013.
  6. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. 463 p.
  7. Ibimirim Pernambuco - PE Histórico IBGE. (17/08/2010). Página visitada em 09/04/2013.
  8. Ache tudo e região. Disponível em http://www.achetudoeregiao.com.br/pe/ibimirim/historia.htm. Acesso em 15 de junho de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.