Ibis redibis non morieris in bello

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A frase Ibis redibis non morieris (ou peribis) in bello é tradicionalmente, a resposta dada pela Sibila a um soldado que havia consultado o oráculo sobre o êxito de sua missão.

A frase, como todas as respostas oraculares, é propositalmente ambígua - ou sibilina. Dá margem à dupla interpretação conforme a pontuação que se queira utilizar. Se for colocada uma vírgula antes de "non" (Ibis, redibis , non morieris in bello), o significado da resposta é "Irás, retornarás, não morrerás na guerra". Portanto, a missão terá êxito.

Se porém a vírgula for deslocada para depois da negação (Ibis, redibis non , morieris in bello), a frase terá sentido oposto: "Irás, não voltarás, e morrerás na guerra".

Na linguagem moderna, ser um ibis redibis se aplica aos documentos oficiais obscuros ou ambiguos.