Ibn Amira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Abu l-Mutarrif Ibn `Amira (Alzira, província de Valência, 1186Tunísia, 1260[1] ) foi um historiador, poeta e jurista do Al-Andalus durante o Califado Almóada.[2]

Vida e Obra[editar | editar código-fonte]

Ibn `Amira foi cádi de Maiorca e trabalhou para o califa almóada em Valência e Sevilha. Após a tomada de Valência em 1238 exilou-se no atual Marrocos, onde continuou trabalhando para o sultão como secretário de Estado e exerceu de cádi em numerosas cidades norte-africanas. Nos seus últimos anos foi acolhido pela corte Hafécida da Tunísia.

Tratou a temática do paraíso perdido (al-firdaws al-mafqud) durante o seu exílio em Carta a um amigo, (o também poeta Ibn al-Abbar).[3]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Manuel BOIX, Josep PALÀCIOS: Ali b. Atiyya Ibn al-Zaqqaq, Ahmad b. Abd Allah Ibn Amira, Ibrahim b. Abi l-Fath Ibn Hafaya Alcira, Valencia, Bromera, 1988. ISBN 84-7660-021-6 (en catalán)
  • PART DALMAU, Eduardo: De Al-yazirat a Jaime I. 500 años de la historia de Alzira. Alcira, Valencia, Comisión Falla Plaza Mayor Alzira, 1984. ISBN 84-398-0974-3
  • F. M. VELÁZQUEZ BASANTA, "Ibn `Amira, Abu l-Mutarrif", Biblioteca de al-Andalus, vol. 2, p. 107, Fundación Ibn Tufayl de Estudios Árabes, Almeria, 2009, ISBN:978-84-934026-6-2

Referências

  1. Velázquez Basanta,F.M., "Ibn `Amira, Abu l-Mutarrif", Biblioteca de al-Andalus, vol. 2, p. 107, Fundación Ibn Tufayl de Estudios Árabes, Almeria, 2009, ISBN:978-84-934026-6-2
  2. Margarita Lachica, Poetas Árabes del País Valenciano, pág. 32 [1] (consultado em 5 de setembro de 2008).
  3. Manuel Sánchez: Plany andalusí per la pèrdua de València. "L'Avenç" (1979).
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é «Ibn Amira».