Ibrahim Ba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ibrahim Ba
إبراهيم با
Informações pessoais
Nome completo Ibrahim Ngom Ba
Data de nasc. 12 de Janeiro de 1973 (41 anos)
Local de nasc. Dato, Senegal
Altura 1,81 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meia
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1991-1996
1996-1997
1997-2003
1999-2000
2001-2002
2003-2004
2004
2005
2007-2008
França Le Havre
França Bordeaux
Itália Milan
Itália Perugia Predefinição:Empfut
França Olympique (emp.)
Inglaterra Bolton
Turquia Çaykur Rizespor
Suécia Djurgårdens IF
Itália Milan
128 (8)
35 (6)
56 (1)
18 (2)
9 (0)
9 (0)
2 (0)
14 (1)
0 (0)
Seleção nacional
1997-1998 Bandeira da França França 8 (2)

Ibrahim Ngom Ba - em árabe, إبراهيم نغوم با (Dato, 12 de janeiro de 1973) - é um ex-futebolista senegalês naturalizado francês. Hoje trabalha como olheiro para uma de suas ex-equipes: o A.C. Milan.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ba começou sua carreira no Le Havre AC em 1991, e se transferiu para o Bordeaux em 1996. Chegou a final da Coupe de la Ligue com o Bordeaux, e estreou na seleção francesa em fevereiro de 1997.

Ele foi vendido para o Milan depois de apenas uma temporada. Em sua primeira temporada no Milan, seu objetivo era se adaptar o mais rápido possível para se firmar na equipe; em 31 jogos, marcou um gol. Seu melhor momento na sua seleção foi em um amistoso em 03 de junho de 1997, contra o Brasil em Paris. Cobrou uma belíssima falta, a 35 metros do gol brasileiro, e fez o então arqueiro da seleção brasileira Taffarel espalmar a bola na frente do centroavante francês Marc Keller, que ficou livre para marcar. O jogo terminou empatado em um a um.

Ba despontou com um grande futuro, mas nunca passou de uma promessa; no Milan ele já estava desprestigiado, então foi emprestado ao Perugia na temporada 1999-2000, onde ele quebrou um pé e foi suspenso por quatro jogos por ter dado uma cabeçada em um adversário. Foi emprestado também para o Olympique de Marselha em 2001.

Em 2003, ele finalmente deixou o Milan e foi para o Bolton, da Inglaterra. No Bolton também não lhe correu de feição, e em agosto de 2004, ingressou na equipa turco Çaykur Rizespor sob um contrato de um ano.

Em fevereiro de 2005, ele assinou com o time sueco Djurgårdens IF por um contrato de dois anos. Na época, a transferência causou muita euforia. Só que o fato de a liga sueca ser menos prestigiada que as outras ligas nacionais da Europa não levou Ba a ser o grande jogador que sempre especulou ser. O Djurgårdens IF venceu a liga sueca em sua primeira temporada, mas Ba ficou muito tempo no banco de reservas e seu talento não explodiu. Em janeiro de 2006, Ba deixa o Djurgårdens IF. Ele retornou para a Itália e treinou junto com o time italiano Varese, da Série C2.

Em junho de 2007, Ba viajou para Atenas para assistir a final da Liga dos Campeões da UEFA que o Milan disputou contra o Liverpool, conseqüentemente conquistada pelo Milan. Ibrahim Ba ganhou uma nova chance no Milan e assinou um contrato de um ano, no valor de 200.000 euros.

No final da temporada, Ba decidiu se aposentar dos gramados. Porém, continuará no time rossoneri, com a função de descobrir novos talentos no continente africano.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de FrançaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas franceses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.