Icmar de Túsculo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Icmar
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais

Título

Cardeal-bispo de Tusculum
Ordenação e Nomeação
Ordenação Episcopal março de 1142
Cardinalato
Criação março de 1142, pelo Papa Inocêncio II
Brasão
CardinalCoA PioM.svg
Dados Pessoais
Nascimento  Reino de França
Falecimento Reino de França Cluny
28 de outubro de 1161[1]
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Icmar[2] , O.S.B. (data incerta - 28 de outubro de 1161) foi um cardeal francês, Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Entrou para a Ordem de São Bento no mosteiro de Saint-Martin des Champes em Paris em uma idade jovem, tomando os votos solenes na Abadia de Cluny, onde por algum tempo residiu.[1] Foi abade de Saint-Marie la Neuve em Poitiers por muitos anos. Mais tarde, ele foi custo ou prior no mosteiro de Charité-sur-Loire, e então, abade geral da sua ordem.[1]

Criado cardeal-bispo de Túsculo no consistório de março de 1142, sendo consegrado pelo Papa Inocêncio II nessa mesma época, na Basílica de São João de Latrão.[1] Torna-se Decano do Colégio dos Cardeais em 1153. Participou na eleição de antipapa Vítor IV em 1159 e consagrou-o em 4 de outubro, assistido pelos bispos Ubaldo de Ferentino e Riccardo de Melfi. Por isso, foi excomungado pelo Papa Alexandre III. Mais tarde, ele fez a sua submissão ao papa legítimo e retirou-se para a Abadia de Cluny, onde acabou por falecer.[1]

Conclaves[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. Também chamado de Imar, Imaro, Imarus, Icmaro, Ismaro, Ymar e Temaro.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Hugo de São Vitor, C.R.S.A.
Cardeal
Cardeal-bispo de Tusculum

11421164
Sucedido por
Hugo Pierleoni, C.R.S.V.
Precedido por
Corrado della Suburra
Cardeal
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais

11531159
Sucedido por
Gregorio della Suburra