Idílios do rei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merlim aconselhando o Rei Artur em ilustração de Gustave Doré

Idylls of the King (português: Os Idílios do Rei) publicado entre 1856 e 1885, é um conjunto de doze poemas narrativos do poeta inglês Alfred Tennyson (1809–1892), que relata a lenda do rei Artur, dos seus cavaleiros, do seu amor por Guinevere, da trágica traição desta, e da ascensão e queda do rei e do seu reino. Poemas individuais são dedicados a Lancelot, Geraint, Galahad, a Balin e a Balan, mas também a Merlim e à Senhora do Lago, sendo a figura do rei central e relacionando todas as histórias. Os poemas foram dedicados ao falecido princípe consorte Alberto de Saxe-Coburgo-Gota.

Os Idylls of the King estão escritos em verso branco (excepto o último verso do último poema, que é alexandrino).

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Idílios do rei
Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Idílios do rei