Idiotia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Oligofrenia. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central.
Editor, considere adicionar mês e ano na marcação. Isso pode ser feito automaticamente, com {{Fusão|1=Oligofrenia|{{subst:DATA}}}}.

Idiotia é, na psiquiatria, o grau mais elevado da tríade oligofrênica, e os indivíduos portadores possuem o menor grau de desenvolvimento intelectual. A palavra idiota, do grego idiótes, referenciava-se originalmente apenas ao homem privado em oposição ao homem de Estado. 1

Caracterização[editar | editar código-fonte]

O idiota não desenvolve a fala, sendo incapaz de articular as palavras. É incapaz de assimilar noções de higiene pessoal ou mesmo de desenvolver o teu pudor. O termo é obsoleto contudo ainda se encontram alguns diagnósticos que utilizam essa expressão como a Idiotia Amaurótica Familial (Doença de Jansky-Bielschowsky ou a Lipofusinose neuronal ceróide) e Idiotia Amaurótica Infantil (Doença de Tay-Sachs ou Gangliosidose GM2)e a Idiotia Amaurótica Juvenil (Doença Vogt-Spielmeyer acúmulo de lipofusina).

Uma das aproximações ao significado histórico dessa expressão pode ser avalida no romance O Idiota de Fiódor Dostoiévski escrito entre os anos de 1867 e 1868 onde a idiotia está associada à epilepsia e ausência de valores politicos (juizo).

Gradação[editar | editar código-fonte]

  • O idiota completo, ou profundo, possui um desenvolvimento inferior ao de muitos animais, tais como répteis, com quem podem ser comparados em relação ao desenvolvimento e integridade do sistema nervoso, certas formas de agiria e lisencefalia e anencefalia poderiam ser comparados a diferentes estágios da evolução do sistema nervoso animal ou formas alternativas como a holoprosencefalia e ausência de corpo caloso comuns na esquizencefalia e outras síndromes que alteram o desenvolvimento do cérebro.

Com uma capacidade intelectual infra-humana: não fala, nem compreende as palavras; tem seus instintos e capacidades vitais muito prejudicados aproximando-se dos estados comatosos.

  • O idiota de segundo grau, ou incompleto, aprende algumas palavras, desenvolvendo instintos como o de conservação. Em relação às medidas de habilidades humanas as escalas de inteligência são atualmente usadas na caracterização do Retardo mental como preconiza o CID 10ª revisão.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Liddell-Scott-Jones A Greek-English Lexicon, sobre ἰδιώτης e ἴδιος
Ícone de esboço Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.