Idris I da Líbia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Idris I
Coat of arms of the Kingdom of Libya.svg
Rei da Líbia
Emir da Tripolitânia
Emir de Cirenaica
King Idris I of Libya August 15, 1965.jpg
Governo
Reinado 24 de dezembro de 19511 de setembro de 1969 (Reino da Líbia)
22 de julho de 19221 de janeiro de 1929 e 1 de outubro de 194624 de dezembro de 1951 (Emirado da Tripolitânia)
21 de agosto de 19181 de janeiro de 1929 e 1 de outubro de 194624 de dezembro de 1951 (Emirado de Cirenaica)
Rainha Fatima el-Sharif
Consorte Aisha al-Sharif al-Sanussi
Sakina al-Sharif al-Sanussi
Nafisa al-Isawi
Antecessor Ahmad al-Sanussi (Emir de Cirenaica)
Herdeiro Príncipe Herdeiro Hasan as-Senussi
Dinastia Sanussi
Vida
Nome completo Muhammad Idris bin Muhammad al-Mahdi as-Senussi
Nascimento 12 de março de 1889
Jaghbub, Ottoman flag.svg Império Otomano
Morte 25 de maio de 1983 (94 anos)
Cairo, Flag of Egypt (1972-1984).svg Egito
Sepultamento Jannat al-Baqi, Medina, Arábia Saudita
Filhos Príncipe Muhammad Kamil al-Sanussi
Príncipe Muhammad al-Sharif al-Sanussi
Princesa Wanisa al-Sanussi
Príncipe Muhammad al-Sanussi
Pai Muhammad al-Mahdi as-Senussi
Mãe Aisha bint Ahmad al-Syrte

Idris I, nascido como Sidi Muhammad Idris al-Mahdi al-Senussi (12 de Março de 189025 de Maio de 1983), foi o primeiro rei da Líbia, desde a sua independência, em 24 de Dezembro de 1951 até 1 de Setembro de 1969, quando se deu a revolução líbia e consequente queda de seu governo.

Presidente egípcio Gamal Abdel Nasser com o Rei Idris I da Líbia.

A Líbia havia sido colonizada pela Itália, que tinha a pretensão de "fechar" um "portão aquático" no mar Mediterrâneo, entre o Mediterrâneo Ocidental e o Mediterrâneo Oriental, tendo seus eixos entre a Itália e a Líbia. Em 24 de Dezembro de 1951, a Líbia declara independência perante a Itália e constitui um reino, tendo Idris I como rei.

Já na década de 1960, Idris I se licencia do trono líbio para cuidar de problemas de saúde, indo fazer tratamentos na Grécia e no Egito. Em seu lugar, como regente, seu sobrinho, Príncipe Hasan as-Senussi lhe substitui. Em 1 de Setembro de 1969 ocorre a revolução líbia, tendo como líder, Al Magrabhi e posteriormente Muammar al-Gaddafi, que instala o golpe de estado e depõe o regime monárquico de quase 18 anos.


O rei deposto se exila no Egito, onde recebeu apoio do ex-presidente Anwar Sadat, e onde passa o resto de seus dias.

Primeiros-ministros da Líbia 1951–1969[editar | editar código-fonte]

  1. Mahmud al-Muntasir 1951–1954.
  2. Muhammad Sakizli 1954.
  3. Mustafa Ben Halim 1954–1957.
  4. Abdul Majid Kubar 1957–1960.
  5. Muhammad Osman Said 1960–1963.
  6. Mohieddin Fikini 1963–1964.
  7. Mahmud al-Muntasir 1964–1965.
  8. Hussein Maziq 1965–1967.
  9. Abdul Qadir al-Badri 1967.
  10. Abdul Hamid al-Bakkoush 1967–1968.
  11. Wanis al-Qaddafi 1968–1969.
Estandarte real de Idris I.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Idris I da Líbia
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.