Iedo Fiúza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Yedo Fiúza
Placa de homenagem afixada no Palácio Amarelo, sede da Câmara Municipal de Petrópolis.
Prefeito de Petrópolis em 4 mandatos
Vida
Nascimento 15 de setembro de 1894
Porto Alegre
Morte 12 de fevereiro de 1975 (80 anos)
Rio de Janeiro
Dados pessoais
Partido PCB
Profissão Engenheiro

Yedo Fiuza, Yêddo Fiuza, ou Iedo Fiúza, de acordo com a ortografia atual, (Porto Alegre, 15 de setembro de 1894Rio de Janeiro, 12 de fevereiro de 1975) foi um político brasileiro.

Informações biográficas[editar | editar código-fonte]

Formado pela Faculdade de Engenharia da sua cidade, radicou-se no Rio de Janeiro e trabalhou, como engenheiro, em várias empresas particulares, construindo obras no interior do país, e numa grande firma estadunidense.

Vida política[editar | editar código-fonte]

Após a Revolução de 1930 foi nomeado prefeito de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro), cargo para o qual foi eleito em 1936.

Durante o Estado Novo, foi diretor-geral do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER).

Com a redemocratização, em 1945, foi lançado candidato à Presidência da República pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), então denominado Partido Comunista do Brasil. Mas não militava no partido nem era comunista. Teve 570 mil votos no pleito que elegeu o general Eurico Dutra.

Em 1947 candidatou-se, sem sucesso, à prefeitura de Petrópolis, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Trabalhou no Departamento de Águas, tendo sido encarregado de elaborar, a curto prazo, um plano para abastecimento do Distrito Federal.

Precedido por
Romão Veriano da Silva Pereira
Prefeito de Petrópolis
1930 a 1934
Sucedido por
Stephane Vannier
Precedido por
José de Carvalho Júnior
Prefeito de Petrópolis
1936 a 1936
Sucedido por
Nestor Ahrends
Precedido por
Nestor Ahrends
Prefeito de Petrópolis
6/8/1936 a 4/10/1936
Sucedido por
Carlos Magalhães Bastos
Precedido por
Carlos Magalhães Bastos
Prefeito de Petrópolis
5/10/1936 a 4/1/1938
Sucedido por
Mário Aloisio Cardoso de iranda