Ignacy Mościcki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ignacy Mościcki
Ignacy Mościcki
Presidente da  Polónia
Mandato 4 de junho de 1926 - 30 de setembro de 1939
Antecessor(a) Stanisław Wojciechowski
Sucessor(a) Władysław Raczkiewicz
Vida
Nascimento 1 de dezembro de 1867
Mierzanowo, Polônia
Morte 2 de outubro de 1946
Versoix, Suíça
Dados pessoais
Primeira-dama Maria Mościcka
Partido Proletaryat
Profissão químico

Ignacy Mościcki (1867-1946) foi um químico e político polonês. Foi presidente da Polônia entre 1926 e 1939. Até a atualidade, ele é o político que permaneceu por mais tempo na presidência no país, tendo governado por 13 anos. (August Zaleski foi presidente por 25 anos, porém no exílio).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ignacy Mościcki nasceu em Mierzanowo, uma pequena vila próxima a Ciechanów, na porção polonesa pertencente ao Império Russo. Após concluir seus estudos em Varsóvia, foi estudar química na Politécnica de Riga. Ali ingressou na organização clandestina polonesa Proletaryat.

Ao concluir o curso retornou a Varsóvia, porém foi ameaçado pela polícia secreta do tzar de ser deportado para a Sibéria, e se viu forçado a exilar-se em Londres em 1892. Em 1896 foi-lhe oferecido o trabalho de assistente na Universidade de Friburgo. Ali ele patenteou um método de produção barato de ácido nítrico. Em 1912 ele mudou-se para Lwów, onde ele aceitou a cadeira de Físico-Química e Técnica Eletroquímica na politécnica da cidade.[1] Em 1925 ele foi eleito reitor da politécnica, mas logo mudou-se para Varsóvia para continuar suas pesquisas na politécnica daquela cidade.

Após o golpe de estado de Józef Piłsudski em maio de 1926, Mościcki - um antigo associado de Piłsudski no Partido Socialista Polonês - foi eleito presidente da Polônia pela assembléia nacional, por recomendação do próprio Piłsudski após este recusar o cargo. Como presidente, Mościcki foi altamente subserviente a Piłsudski, nunca manifestando dissidência em relação à liderança do marechal. Após a morte de Piłsudski em 1935, os seguidores deste se dividiram em três grupos: os que aceitavam Mościcki como sucessor natural de Piłsudski, os que apoiavam o general Edward Rydz-Śmigły, e os que apoiavam o ministro Walery Sławek. Mościcki fez um acordo com Rydz-Śmigły, e isolou Walery Sławek.

Mościcki permaneceu na presidência até a queda do governo do país em 30 de setembro de 1939, após a invasão alemã no início da Segunda Guerra Mundial.

Referências

  1. Norman Davies God's Playground Volume II, Oxford University Press 1986 ISBN 0-19-821944-X Page 422
Precedido por
Stanisław Wojciechowski
Presidente da Polônia
1926 - 1939
Sucedido por
Władysław Raczkiewicz