Ignaz Venetz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ignaz Venetz (Saas-Fee, 17881859), foi um engenheiro, naturalista e glaciologista suíço.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Venetz era de uma família que havia se estabelecido em Valais, onde trabalhou como engenheiro, primeiro em Valais e depois em Vaud, até 1854.[1] [2]

No leste da Suíça, o verão de 1816 e 1817 foram tão frios que uma barragem de gelo se formou de Giétro até Bagnes. Apesar dos esforços de Venetz de drenar o crescente lago, a barragem de gelo desmoronou catastroficamente em junho de 1818.[3]

A ideia de que os glaciares do passado haviam sido mais extensos que os actuais era algo percebido pelos habitantes das regiões alpinas da Europa: Imbrie e Imbrie (1979) citam um lenhador de nome Jean-Pierre Perraudin[4] falando a Jean de Charpentier sobre a antiga extensão do glaciar Grimsel nos Alpes Suíços.[5] Macdougal (2004) afirma que o primeiro a ter tal ideia foi Ignaz Venetz,[6] mas não foi apenas uma pessoa que teve esta ideia.[7]

Referências

  1. hochwasser_f.QXD
  2. Encyclopedie
  3. The flood is fully described in Jean M. Grove, Little Ice Ages, Ancient and Modern (as The Little Ice Age 1988) rev. ed. 2004:161.
  4. Die Eiszeit…, Museum of Neuchatel, Switzerland, p. 3 (pdf 125 Kb)
  5. Imbrie, John and Katherine Palmer Imbrie. Ice ages: Solving the Mystery. Cambridge, Massachusetts: Harvard University Press, 1979, 1986 (reprint). ISBN 0-89490-020-X; ISBN 0-89490-015-3; ISBN 0-674-44075-7. p. 25
  6. Doug Macdougall, Frozen Earth: The Once and Future Story of Ice Ages, University of California Press, 2004. ISBN 0-520-24824-4
  7. Aber Sandusky, James. Birth of the Glacial Theory Emporia State University. Visitado em 2006-08-04.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.