Igreja Episcopal Anglicana do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bispo Maurício José Araújo de Andrade, ex-primaz da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil e bispo da diocese de Brasilia.

A Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB) é uma província eclesiástica da Comunhão Anglicana que abrange todo o território do Brasil. A província é formada por nove dioceses, cada uma delas dirigida por um bispo, dentre os quais um é eleito como bispo primaz.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro missionário anglicano a pisar em solo brasileiro foi Henry Martin, em 1805, no Porto da Bahia, quando o seu navio seguia viagem para a Índia. Porém essa tentativa entre os nativos e padres católicos brasileiros não foi bem sucedida. Outras duas tentativas posteriores foram realizadas pelos missionários William Cooper e Richard Holden mas também não obtiveram sucesso. Porém, desde 1810, através do tratado comercial entre o Brasil e a Inglaterra, o governo brasileiro permitiu a construção do primeiro templo não-católico romano em terras brasileiras.

A presença anglicana no Brasil iniciou em 1810 com algumas capelanias. A Igreja Episcopal Anglicana do Brasil é fruto da união de três grupos anglicanos que se estabeleceram no Brasil. A capela Christ Church foi inaugurada em 26 de maio de 1822, no Rio de Janeiro, ainda que sob protestos de algumas autoridades da Igreja Católica Romana. Aos anglicanos não era permitido fazer novos membros através da conversão dos fiéis católicos. Tal situação dura até 1889, quando é proclamada a república, desvinculando a Igreja Católica do Estado Brasileiro.

Os primeiros anglicanos que aqui chegaram foram cidadãos britânicos no período Joanino e Império, e formaram diversas capelas. A segunda leva de imigrantes anglicanos ocorreu com a migração de japoneses de fé anglicana para São Paulo; conseqüentemente, a maioria dos anglicanos no estado são japoneses descendentes ou natos. Missionários norte-americanos vieram da Virgínia, nos Estados Unidos, em 1890, de linha evangélica e com o apoio presbiteriano, estabelecendo-se em Pelotas no Rio Grande do Sul.

A Missão Americana emancipou suas igrejas em 1907 e estas se fundiram com as capelas inglesas em 1955, formando a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, autônoma e afiliada à Comunhão Anglicana. Tornou-se uma província eclesiástica autônoma em 1965, até então estava sob a supervisão metropolitana do Arcebispo da Cantuária.

Seus cultos seguem a liturgia anglicana, estabelecida a partir do século XVI, semelhante à atual missa católica, após a reforma litúrgica do Concílio Vaticano II. Sua doutrina é eclética e abrange alguns evangélicos, anglo-católicos e liberais[1], sendo também forte apoiante do movimento ecumênico. É administrada por um governo episcopal. Atualmente é uma igreja de alinhamento teológico moderado para ultra-liberal e litúrgico.

Dissidências e Cismas[editar | editar código-fonte]

Da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil originaram-se a Diocese do Recife a partir do cisma de Dom Robinson Cavalcanti em 2005 e o Movimento Anglicano no Brasil a partir do cisma de Dom Roger Douglas Bird em 2013.

Dioceses e distrito missionário[editar | editar código-fonte]

Bispos primazes[editar | editar código-fonte]

# Nome Período Diocese
Bispos primazes
Dom Maurício José Araújo de Andrade 2006 — atualidade Diocese de Brasília
Dom Orlando Santos de Oliveira 2003 — 2006 Diocese Meridional
Dom Glauco Soares de Lima 1993 — 2003 Diocese de São Paulo
Dom Olavo Ventura Luiz 1986 — 1992 Diocese Sul-Ocidental
Dom Arthur Rodolpho Kratz 1972 — 1984
Dom Egmont Machado Krischke 1965 — 1971

Presidentes da Câmara de Clérigos e Leigos[editar | editar código-fonte]

Nome Período Diocese
Presidentes da Câmara de Clérigos e Leigos
Sra. Selma Rosa 2010 — atualidade Diocese de Curitiba
Rev. Luiz Alberto Barbosa 2006 — 2010 Diocese de Brasília
Rev. Francisco de Assis da Silva 2003 — 2006 Diocese Meridional
Revda. Dilce Regina Paiva de Oliveira 2000 — 2003 Diocese de Pelotas

Secretários Gerais[editar | editar código-fonte]

Nome Período Diocese
Secretários gerais
Rev. Arthur Cavalcante 2011 — atualidade Diocese Anglicana de São Paulo
Rev. Francisco de Assis da Silva 2006 — 2011 Diocese Meridional
Sra. Cristina Takatsu Winishofer 2003 — 2006
Rev. Maurício José Araújo de Andrade 1994 — 2003

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]