Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações.
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

A Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal (IEPP) é o resultado dos esforços de evangelização feitos na Madeira, entre 1838-1846, pelo médico escocês Robert Kalley, e no continente a partir de 1866, onde o pastor escocês Robert Stewart começa a pregar aos portugueses. A comunidade presbiteriana de Lisboa é organizada pelo Pastor António de Matos, que chega em 1870. Mattos fora convertido por Kalley na Madeira, e estudara teologia na Escócia, onde fora ordenado.

História[editar | editar código-fonte]

Ao longo do Sec. XIX e XX surgem diversas comunidades presbiterianas na Madeira, Açores e Continente sendo em 1926 organizado um presbitério. Em 1944 concretiza-se a união das Igrejas prebiterianas da Madeira, Açores e Continente surgindo a Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal. Apesar daquelas datas os estatutos só serão depositados no Governo Civil de Lisboa em 1947 (CARDOSO, Manuel Pedro - Por Vilas e Cidades. Edição do Seminário Evangélico de Teologia, Lisboa, 1998).

Em 1946 é criado o Seminário Evangélico de Teologia, então em Carcavelos, mudando-se para Lisboa em 1970.

Entre 1946-1952, sob a liderança de Michel P. Testa, aderem ao movimento presbiteriano a maioria das comunidades congregacionais portuguesas, sendo Portugal pioneiro na união das duas confissões.A nível mundial tal união só se concretiza em Nairobi em 1973.

Em 31 de outubro de 1952 reúne-se o primeiro Sínodo da IEPP.

A IEPP assume-se como Igreja reformada que procurava viver um evangelho vivo, com base na Bíblia, fonte de toda a revelação, e ser fiel à tradição Reformada iniciada por Martinho Lutero e João Calvino no Sec. XVI. A IEPP busca um testemunho de Cristo na solidariedade com os mais desprotegidos e necessitados, tendo promovido desde o seu inicio relevantes obras sociais (v.g. Centro Social Cova e Gala e Fundação Robert Kalley).

Na década de 60 do século XX foi precursora do ecumenismo em Portugal, tendo criado em 1967, na Figueira da Foz, o Centro Ecuménico Reconciliação.

A IEPP é a mais antiga Igreja não católica em Portugal, tendo actualmente cerca de 30 paróquias servidas por 7 pastores e 5 pastoras.

A nível nacional é membro do Conselho Português de Igrejas Cristãs, que fundou em 1971.

A IEPP é membro do Conselho Mundial de Igrejas (também conhecido por Conselho Ecúménico das Igrejas) desde 1964, membro da Aliança Mundial das Igrejas Reformadas (WARC), da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)e da Conferencia das Igrejas dos Países Latinos da Europa (CEPPLE).


Figuras relevantes[editar | editar código-fonte]

  • Eduardo Moreira;
  • Mota Sobrinho (missionário da Igreja Presbiteriana do Brasil);
  • Luis Pascoal Pitta (missionário da Igreja Presbiteriana do Brasil);
  • Michel Testa (missionário da Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos);
  • Joaquim Rosa Baptista;
  • José Manuel Leite;
  • Américo Baptista;
  • Augusto de Almeida Esperança;
  • João Severino Neto;
  • Mário Neves;
  • António José Dimas Almeida;
  • David Valente;
  • Manuel Pedro Cardoso;
  • João Manuel Pereira

Notas[editar | editar código-fonte]

Referencias Bibliografias[editar | editar código-fonte]

  • Cardoso (Manuel Pedro), Por Vilas e Cidades, Edição do Seminário Evangélico de Teologia, Lisboa, 1998;
  • Cardoso (Manuel Pedro),Cem Anos de Vida, Igreja Evangélica Presbiteriana de Lisboa, 1975.
  • Moreira (Eduardo), Vidas Convergentes, Junta Presbiteriana de Cooperação em Portugal, 1958;
  • Testa (Michael), O Apostolo da Madeira, Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal, 1963;
  • Testa (Michael) Injuriados e Perseguidos (Panorâmica Histórica da Fé Reformada em Portugal), Edição da Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal, s/d/;
  • Valente (David), Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal: contributo para a história da sua formação, in Lusitania Sacra, 2ª Série, Tomo XVI, 2004, p.477-510.
  • VV.AA., Uma Caminhada Ecuménica, Conselho Português de Igrejas Cristãs, Figueira da Foz, 1996;

Ligações externas[editar | editar código-fonte]