Igreja Ortodoxa Russa no Exterior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Igreja Ortodoxa Russa no Exterior (também conhecida como Igreja Ortodoxa Russa fora da Rússia, em russo: Русская православная церковь заграницей, em inglês: Russian Orthodox Church Outside Russia, e pelas siglas em inglês ROCA e ROCOR) é uma jurisdição semi-autônoma do Patriarcado de Moscou originalmente formada em resposta à política dos Bolcheviques com respeito a religião na União Soviética logo após a Revolução Russa. A ROCOR abrange as antigas dioceses do Patriarcado de Moscou na diáspora.

A Igreja Ortodoxa Russa no Exterior foi criada nos anos 1920, por religiosos que escaparam da Rússia após a revolução bolchevista. Seus responsáveis romperam com a hierarquia ortodoxa que permaneceu na Rússia, acusando-a de submissão ao regime comunista.

Em Moscou, no dia 17 de maio de 2007, no Templo Cristo Redentor foi assinado a Ata sobre o relacionamento canônico das igrejas que, na essência, não é somente fator da reunificação das igrejas, mas também de todo o povo russo.

Dioceses[editar | editar código-fonte]

  • Diocese do Leste Americano e Nova York
  • Diocese de Chicago e Mid-America
  • Diocese de San Francisco e da Ocidental America
  • Diocese de Montreal e Canadia
  • Diocese de Austrália e Nova Zelândia
  • Diocese de Caracas e América do Sul
  • Diocese de Genebra ea Europa Ocidental
  • Diocese de Berlin e da Alemanha
  • Diocese da Grã-Bretanha e Irlanda

Primeiros-hierarcas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]