Igreja de São Julião de Setúbal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Church in Praca do Bocage.JPG

A Igreja de São Julião de Setúbal, situada na freguesia de São Julião, na Praça de Bocage, data da segunda metade do século XIII, tendo sido reconstruída no século XVI e muito afectada pelo terramoto de 1755, sendo reconstruída de novo no reinado de D. Maria I. Do edifício manuelino restam apenas 2 portais[carece de fontes?].

No interior, talha dourada e azulejos do século XVIII que narram a vida de São Julião, orago da paróquia custeados pelos pescadores de Setúbal, assim como uma pintura de Pedro Alexandrino.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Igreja de São Julião de Setúbal
Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.