Igreja particular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma Igreja particular, na teologia e lei canónica, é uma comunidade eclesial em plena comunhão com Roma, uma parte da Igreja Católica vista como um todo. O Código de Direito Canónico, em seu Livro II, na segunda seção, cânon 368[1] refere-se a Igreja Particular como sendo a unidade na qual e da qual se constitui a Igreja Católica. Todas estas igrejas são lideradas por membros do clero, que, em última instância, respondem todos ao Papa.

Em regra, o conceito de Igreja Particular emprega-se em 2 tipos de Igrejas católicas:

Referências

  1. Igreja Católica, CNBB. Código de Direito Canônico. São Paulo: Edições Loyola, 7ª edição, 2007, p.120, ISBN 978-85-15-02394-3

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.