Ilha da Sedução

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Princípio da imparcialidade
Este artigo ou secção possui passagens que não respeitam o princípio da imparcialidade.
Tenha algum cuidado ao ler as informações contidas nele. Se puder, tente tornar o artigo mais imparcial.
(Justifique o uso desta marca na discussão do artigo)
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde março de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde março de 2011).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Maio de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Ilha da Sedução foi um reality show que foi baseado no modelo de Temptation Island e exibido pelo SBT em 2002, apresentado pela Babi Xavier e que não teve grande sucesso naquele momento, talvez pelo fato de a febre dos reality shows estar no auge na concorrente Globo.

Existe também a versão L'Île de la tentation francesa, exibida pela TF1 em sua sexta versão, mas todas as versões tem variações em relação a versão original.

O programa Ilha da Sedução é um dos programas mais chocantes da televisão mundial. Com uma fórmula ousada, o programa se torna atraente pelo estilo escandaloso que ele produz. Enquanto muitos não sabem porque pessoas se sujeitam a esse tipo de programa, outros fazem fila para participar dele.

O Jogo[editar | editar código-fonte]

O programa não é realmente um jogo, propriamente dito. O programa separa 4 casais com relacionamentos longos em 2 hotéis diferentes, e os colocam em companhia de 13 lindos(as) solteiros(as). O objetivo? Varia de casal para casal, de programa para programa, de país para país. Muitos casais querem testar seu relacionamento, e ver se ele é tão forte quanto pensam. Outros querem testar um dos cônjuges, para saber se ele(a) vai trair ou não. Outros casais querem testar seu relacionamento procurando outros solteiros para comparar com seus cônjuges, ou simplesmente procurar alguém melhor e se vingar do namorado(a).

Durante o jogo, os solteiros vão sendo eliminados um a um, de diversas formas. Encontros também são marcados entre os cônjuges e os solteiros, para se conhecerem melhor. No final, 4 solteiros são escolhidos para terem encontros de 24 horas com os cônjuges, para logo após haver a reunião final dos casais e decidir se eles vão continuar o relacionamento.

O programa já teve diversas edições nos EUA, Inglaterra e Austrália, e o final é sempre o mesmo: Os casais sempre terminam em frangalhos, com seus relacionamentos por um fio. No entanto, a surpresa no final é sempre se os casais irão ou não ficar juntos. Já houve casos de casais que se separaram, casais que resolveram se casar, e até mesmo casos onde um dos cônjuges resolveu abandonar a namorada para ficar com um dos solteiros.

O programa é bastante interessante, pois mostra as diferentes reações dos casais às paixões da carne. As versões de cada país já cobertas pela Reality Center são:

  • Temptation Island 1 USA: A primeira temporada da série americana trouxe casais que estavam interessados em testar seu relacionamento. Infelizmente, a série teve alguns problemas, inclusive de ordem judicial. É que a produção escolheu, sem saber, um casal que tinha um filho. Para piorar, eles foram justamente o casal que mais prometia vingança um ao outro com os solteiros, o que forçou a produção a mudar rapidamente os planos. Nunca mais um caso semelhante aconteceu.
  • Temptation Island 2 USA: A segunda temporada da série americana trouxe uma gama enorme de traições e vinganças escalares, que culminaram em diversas cenas de sexo quase explícito (não gráfico, é claro). Foi certamente uma temporada bem quente.
  • Temptation Island 3 USA: A terceira temporada americana infelizmente sofreu com o fracasso na audiência, principalmente pela falta de cenas mais fortes de traição. Porém, a série ficou marcada pela tremenda hipocrisia de diversas moças e egocentrismo de outras na hora de ver os vídeos da fogueira, além de um romance fechado entre um(a) solteiro(a) e um(a) membro(a) de um dos casais.
  • Temptation Island 1 Inglaterra: A primeira temporada inglesa ocorreu nos mesmos hotéis onde a terceira temporada de TI 3 USA ocorreu. Diferentemente da versão americana, a versão inglesa teve muito menos momentos calientes, porém muito mais reações indignadas a possíveis traições. Certamente foi uma forma diferente de ver o programa.
  • Ilha da Sedução: A versão nacional da série se aproximou bastante da terceira temporada da série americana. Uma confluência de hipocrisia e traições se somou a duas traições completas, cinco casais participantes e muitos momentos de confusão. Seu único pecado foi a falta de cenas de dentro dos quartos, para saber o que aconteceu com determinados jogadores.

Ver também[editar | editar código-fonte]