Ilha das Garças (Rio Grande do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilha das Garças (Rio Grande do Sul)
—  Bairro do Brasil  —
População
 - Total 0
 - Número de eleitores 0
Domicílios 0
Fonte: Não disponível

O município de Canoas tem uma ilha em sua área territorial. Próximo ao local onde a companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) faz a captação de água para abastecer o município, fica a Ilha das Garças. O espaço faz parte do Parque Estadual do Delta do Jacuí e é considerado zona de reserva biológica desde 1979, quando foi redigido o Plano Básico do Parque Estadual Delta do Jacuí. O território pertence ao Governo do Estado.

Na ilha, não é permitida a instalação de moradias ou qualquer outro tipo de estrutura predial. Conforme o gerente de Implantação do Parque Estadual Delta do Jacuí, Gerson Bruss, o último levantamento da Fundação Zoobotânica constatou que a determinação está sendo cumprida. A Ilha das Garças está desabitada. Nestes locais, os conflitos entre a presença humana e a preservação ambiental é muito forte.

Com 286 hectares, a Ilha das Garças é banhada pelo Arroio das Garças e a foz do rio Gravataí. O ambiente é típico do Parque do Delta do Jacuí, com vegetação de banhado, como juncos, capim-canivão e aguapés. Porém, a qualidade das águas próximas à Ilha é problemática, devido à poluição do rio Gravataí.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Ilha das Garças

Os animais que vivem na região são variados. A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) contabilizou 210 espécies de aves, 32 de mamíferos, 78 de peixes e 18 de répteis.

Entre as aves, as mais comuns são a águia-pescadora, o cardeal do banhado e a garça branca grande. A última dá nome à ilha e é presença constante em toda a margem do rio Gravataí e arredores. O gerente de Implantação do Parque acredita que deveria existir um ninhal de garças no local. Ele não descarta a hipótese de ainda haver ninhos de aves na ilha. A lontra é o mamífero mais comum no Delta do Jacuí. Dos répteis, a espécie mais conhecida é o jacaré de papo amarelo. O animal está ameaçado de extinção. Jundiá, piava e pintado são alguns dos peixes que habitam os rios da região.

A Ilha das Graças já serviu de moradia para alguns “corajosos”, que tentaram vencer os desafios da natureza. O presidente da Associação Canoense de Proteção Ambiental (Ascapan), Henrique Frank, comenta que a ilha tem suas defesas próprias, expulsando os humanos que insistem em utilizar seu espaço como residência. No inverno, a área é alagadiça. No verão, o calor é insuportável e existem muitos mosquitos no local.


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.