Ilhas Auckland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa topográfico das Ilhas Auckland.

As Ilhas Auckland ou Motu Maha (50° 42' S 166° 5' E) formam um arquipélago, em que se incluem as seguintes ilhas: Ilha Auckland, Ilha Adams, Ilha Enderby, Ilha Decepção, Ilha Ewing, Ilha Dundas e Ilha Green. Elas se encontram a 465 km do porto sul da Ilha Bluff, entre as latitudes 50° 30' e 50° 55' S e longitudes 165° 50' e 166° 20' E. As ilhas não têm quaisquer habitantes habitantes humanos.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Costa sul da ilha principal

A ilha principal (Ilha Auckland), tem uma superfície aproximada de 510 km², e um comprimento de 42 km. Seu terreno é notavelmente acidentado e de escarpas íngremes, alcançando nas áreas mais elevadas 600 m. Os picos mais proeminentes incluem o Pico Cavern (650 m), Monte Raynal (635 m), Monte D'Urville (630 m), Monte Easton (610 m) e da Torre de Babel (550 m).

O extremo sul da ilha atinge uma largura de 26 km. Neste ponto, um canal estreito conhecido como Carnley Harbour (em alguns mapas: o Estreito Adams) separa a ilha principal a partir de da Ilha Adams (área de 100 km ²), que é ainda mais montanhoso, atingindo uma altura de 660m no Monte Dick. O canal éo que restou da cratera de um vulcão extinto.

As Ilhas Auckland vistas pela STS-89 em 1998.

O grupo inclui inúmeras outras pequenas ilhas, notadamente a Ilha Decepção (10 km a noroeste da ilha principal) e a Ilha Enderby (1 km ao largo da ponta norte da ilha principal), cada uma com menos de 5 km².

Em termos geológicos, a maior parte das ilhas originou vulcanicamente, com o arquipélago dominado por dois vulcões do mioceno de 12 anos de idade, que foram erodidos.[1] Estes repousam sobre rochas vulcânicas mais antigas datadas de 15 a 25 milhões de anos com granitos e rochas sedimentares de cerca de 100 milhões de anos atrás.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Mapa da costa sul da Nova Zelândia.

Descoberta e explorações iniciais[editar | editar código-fonte]

Há alguns elementos que comprovam que foram os polinésios que primeiro descobriram as Ilhas Auckland. Vestígios de ocupação polinésia, possivelmente datando de século XIII, foram encontrados por arqueólogos na Ilha Enderby. [1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Shirihai, H (2002) A Complete Guide to Antarctic Wildlife. Alua Press:Degerby, Finland ISBN 951-98947-0-5
  2. Denison, R.E.; Coombs, D.S.. (1977). "Radiometric ages for some rocks from Snares and Auckland Islands, Campbell Plateau". Earth and Planetary Science Letters 34 (1): 23-29. DOI:10.1016/0012-821X(77)90101-7.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Wise's New Zealand Guide (4th ed.) (1969). Dunedin: H. Wise & Co. (N.Z.) Ltd.
  • Appendix to the Journals of the House of Representatives of New Zealand (1863, Session III Oct-Dec) (A5)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ilhas Auckland