Imaginário coletivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações.
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

O imaginário coletivo é um conjunto de símbolos, conceitos, memória e imaginação de um grupo de indivíduos pertencentes a uma comunidade específica. A sensibilização dessas pessoas em relação a esses símbolos compartilhados reforça o sentido de comunidade.

Muitas vezes, essas representações da realidade podem ultrapassar as circunstâncias do mundo real, adquirindo a força e a beleza do mito e se tornando ícones de uma era, na história de um povo, um património comum, independentemente das directivas religiosas, políticas e culturais das pessoas que fazem parte da comunidade.

Cada vez mais importante na formação e reprocessamento do imaginário coletivo é o papel desempenhado pelo meios de comunicação social. O tamanho das comunidades que podem compartilhar um património simbólico comum é cada vez mais amplo, de modo que o conceito de "povo" tende a ser gradualmente substituído pelo de aldeia global.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Artigos Relacionados[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]