Imitation of Life

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imitation of Life
Imitação da Vida (PT/BR)
Imitation of Life-0.JPG
 Estados Unidos
1959 • cor • 125 min 
Direção Douglas Sirk
Género Drama
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Imitação da Vida (em inglês Imitation of Life) é um filme estado-unidense de 1959, do gênero drama, dirigido por Douglas Sirk.[1] Imitação da Vida foi o último melodrama de sucesso de Douglas Sirk. É uma refilmagem do drama dirigido em 1934 por John M. Stahl.

O filme conta a história de Lora Meredith (Lana Turner), atriz famosa e consagrada que tinha uma filha e acolhe em sua casa uma mulher negra — Annie Johnson (Juanita Moore) — junto com sua filha para trabalhar como doméstica. Com o passar dos anos, as duas mulheres compartilham suas vidas e os problemas das respectivas filhas.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1947, Lora Meredith (Lana Turner), uma viúva que sonhava em se tornar uma famosa estrela da Broadway, perde-se de sua filha Susie e pede a ajuda de um estranho Steve Archer (John Gavin) para ajudar a encontrar a garota. Susie é encontrada aos cuidados de Anni Johnson (Juanita Moore), uma mulher negra, viúva com uma filha, Sarah Jane, que tem quase a mesma idade de Susie e, diferente da mãe, tem a pele clara. Em troca de sua bondade, Lora acolhe Annie temporariamente por ela não ter aonde ficar com sua filha. Apesar do fato de não ter como pagar uma babá, Annie convence Lora para deixá-la ficar e cuidar de Susie para que Lora possa prosseguir com sua carreira de atriz.

Com lutas ao longo do caminho, Lora torna-se um sucesso no teatro, com Alan Loomis (Robert Alda) como seu agente e David Edwards (Dan O'Herlihy), como seu chefe dramaturgo. Lora, embora tenha iniciado um relacionamento romântico com Steve, o estranho que conheceu na praia, desiste do namoro para correr atrás de seu sonho de ser um estrela. Sempre com o foco na carreira, Lora passa a negligenciar cada vez mais a sua filha, enquanto Annie tenta ser um exemplo maternal também para Susie. Annie e Sarah Jane também tem suas próprias lutas, com a pele clara e em constante conflito de identidade, Sarah Jane está sempre querendo ser aceita como branca. A vergonha e raiva da garota pela sua raça causam enorme sofrimento à mãe.

Lana Turner como Lora Meredith

O filme avança para 1958, encontrando Lora estabelecida e considerada uma estrela da Broadway, vivendo em uma luxuosa casa ao norte do estado de Nova Yorque. Após recusar o último script de David (e sua proposta de casamento), Lora consegue um papel numa peça dramática. Na festa, após a peça Lora reencontra Steve, a quem não via há uma década. Os dois aos poucos começam a reavivar a relação. Quando Lora assina um contrato com um filme italiano, pede a Steve que cuide de Susie e a garota se apaixona pelo namorado da mãe.

Na adolescência, Sarah Jane não para de tentar se passar por branca e começa um namoro com um rapaz branco, que a agride assim que descobre sua origem. Logo depois Sarah Jane engana a mãe dizendo que trabalha em uma biblioteca e passa a se apresentar com um nome falso numa boate de baixa categoria. Quando Annie descobre vai ao encontro da filha e esta é despedida da boate, sai de casa e logo começam os problemas de saúde de Annie. Lora volta de sua viagem à itália e sabe do sumiço de Sarah Jane, pede a Steve que descubra o paradeiro da menina através de um detetive. O detetive a encontra na Califórnia, vivendo como uma mulher branca sob um nome fictício e trabalhando como corista. Annie, cada vez mais fraca e deprimida vai para a Califórnia para ver a filha pela última vez e se despedir.

Annie fica de cama após retornar a Nova Yorque, Lora e Susie passam a cuidar dela. O sentimento de Susie por Steve se torna um problema quando Susie descobre que ele e sua mãe estão prestes a se casar. Annie conta a Lora sobre o que Susie sente por Steve. Após um confronto com a mãe, Susie decide ir fazer faculdade em Denver, Colorado para esquecer Steve. Tempos depois Annie morre. É dado a Annie um generoso funeral, em uma grande igreja, com um coro Gospel e uma procissão. Pouco antes da procissão, uma arrependida Sarah Jane aparece entre lágrimas no meio da multidão e debruça sobre o caixão da mãe implorando perdão. Lora a leva para o carro para se juntar a ela, Susie e Steve na procissão rumo ao enterro de sua mãe.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Lana Turner Lora Meredith
John Gavin Steve Archer
Juanita Moore Annie Johnson
Terry Burnham Susie (6 anos)
Sandra Dee Susie (16 anos)
Troy Donahue Frankie
Karin Dicker Sarah Jane (8 anos)
Susan Kohner Sarah Jane (18 anos)
Robert Alda Alan Loomis
Dan O'Herlihy David Edwards
Mahalia Jackson Corista

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Susan Kohner como Sarah Jane

Oscar (EUA)

  • Indicada nas categorias:
    • Melhor Atriz Coadjuvante (Susan Kohner)
    • Melhor Atriz Coadjuvante (Juanita Moore)

Globo de Ouro (EUA)

  • Melhor Atriz Coadjuvante - Susan Kohner
  • Indicada a Melhor Atriz Coadjuvante - Juanita Moore

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Imitation of Life