Imouzzer Marmoucha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marrocos Imouzzer Marmoucha
إموزار مرموشة
Imouzzer des Marmoucha
 
—  Município  —
Cascata na nascente de Charchoura, em Imouzzer Marmoucha
Cascata na nascente de Charchoura, em Imouzzer Marmoucha
Imouzzer Marmoucha está localizado em: Marrocos
Imouzzer Marmoucha
Localização de Imouzzer Marmoucha em Marrocos
33° 28' 15" N 4° 17' 40" O
Região Fez-Boulemane
Província Boulemane
Altitude 1 700 m (5 577 pés)
População (2004)[1] [2]
 - Total 4 001
 - Estimativa (2012) 5 687

Imouzzer Marmoucha (pronúncia: imuzê marmuxá; em árabe: إموزار مرموشة) é um município do de Marrocos, situado no Médio Atlas, que faz parte da província de Boulemane e da região de Fez-Boulemane. Em 2004 tinha 4 001 habitantes[1] e estimava-se que em 2012 tivesse 5 687 habitantes.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Imouzzar significa "cascata" e Marmoucha deriva de imermouchen, o plural de amermouch, que é composto por am e armoucht, uma forma d verbo irmech (esmagar). Imermouchen significa então "esmagadores", o que no topónimo tem o sentido de "ditador". Segundo outra versão, para alguns mais fiável historicamente, Marmoucha deriva de "mar" (مر, passagem) e "mouchat" (مشاة, infantaria), designando o topónimo o lugar de passagem de tropas para a região Oriental.[carece de fontes?]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Situado a cerca de 1 700 m de altitude, na extremidade do Médio Atlas, no lado de Taza, o município é habitado maioritariamente por berberes das tribos Marmouchas Ait Bazza, Ait Messaâd, Ait Al Mane, Ait Youb, Ait Lahcen, Ait Benaissa e Ait Smah.[carece de fontes?]

A poucos quilómetros de Immouzer Marmoucha ergue-se o Bou Iblane, a segunda montanha mais alta do Médio Atlas, uma autêntica muralha natural, que frequentemente permanece coberta de neve durante todo o ano.

A paisagem é montanhosa, de tipo pré-alpino, característica do Médio Atlas, com florestas de carvalhos e de cedros, nomeadamente o cedral de Talzemt, a mais importante. Há também alguns espécies arbóreas endémicas. As características naturais, hidrológicas e paisagísticas, além de alguns vestígios arqueológicos são os principais atrativos turisticos da região, que é procurada principalmente pelos amantes das montanhas e caminhadas.[carece de fontes?]

O clima é muito frio durante o inverno (0ºC em janeiro), aumentando a temeperatura a partir de maio, chegando a registar-se 35ºC em julho, o mês mais quente, apesar da temperatura média máxima nesse mês ser 30,8ºC.[carece de fontes?]

Paleontologia[editar | editar código-fonte]

A região de Almis-Marmoucha é conhecida nos meios paleontológicos pelos vestígios de iguanodon, um dinossauro do Cretáceo Inferior. Entre esses vestígios encontra-se um conjunto de pegadas que se estendem por uma área de cinco hectares, situado num vale, chamado popularmente "dos dinossauros", a 12 km da aldeia de Sarghina.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Predefinição:Refbgin

  1. a b Recensement général de la population et de l'habitat 2004 (em francês). www.hcp.ma. Royaume du Maroc - Haut-Comissariat au Plan. Página visitada em 6 de fevereiro de 2012.
  2. a b Maroc: Les villes les plus grandes avec des statistiques de la population (em francês). gazetteer.de. World Gazeteer. Página visitada em 6 de fevereiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Imouzzer Marmoucha


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Marrocos, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.