Império Corásmio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
خوارزمشاهیان
Khwārezmshāhīān

Império Corásmio

Império

Blank.png
1077 – 1231 Blank.png
Localização de Império Corásmio
Império Corásmio por volta de 1200.
Continente Ásia
Capital Kunya-Urgench
Língua oficial Persa
Religião Sunismo
Governo Oligarquia
Sultão
 • 1077 - 1096/7 Anushtigin Gharchai
 • 1220 - 1231 Jalal ad-Din Mingburnu
Período histórico Idade média
 • 1077 Fundação
 • 1231 Dissolução
Área
 • 1218 3 600 000 km2
*Estado não-reconhecido

O Império Corásmio ou Corasmo (em persa: خوارزمشاهیان, Khwārezmšhāḥīān, lit. "Reis da Corásmia") foi uma dinastia muçulmana sunita de influência persa formada por turcomanos de origem mameluca.[1] [2] [3]

Dominaram o Grande Irã durante a Alta Idade Média, no período que vai de 1077 a 1231, primeiro como vassalos dos seljúcidas,[carece de fontes?], os kara-khitan,[4] e, posteriormente, como soberanos independentes, até as invasões mongóis do século XIII.

A dinastia foi fundada por Anush Tigin Gharchai, ex-escravo dos sultões seljúcidas, que foi indicado governador da Corásmia. Seu filho, Qutb ud-Dīn Muhammad I, se tornou o primeiro hereditário da Corásmia.[5]

Referências

  1. Bosworth in Camb. Hist. of Iran, Vol. V, pp. 66 & 93; B.G. Gafurov & D. Kaushik, "Central Asia: Pre-Historic to Pre-Modern Times"; Delhi, 2005; ISBN 8175412461
  2. M.A. Amir-Moezzi, "Shahrbanu", Encyclopaedia Iranica, (LINK): "... here one might bear in mind that non-Persian dynasties such as the Ghaznavids, Saljuqs and Ilkhanids were rapidly to accept the Persian language and have their origins traced back to the ancient kings of Persia rather than to Turkish heroes or Muslim saints ..."
  3. C.E. Bosworth "Anuštigin Ĝarčāī", Encyclopaedia Iranica (reference to Turkish scholar Kafesoğlu), v, p. 140 (LINK)
  4. Biran, Michel, The Empire of the Qara Khitai in Eurasian history, (Cambridge University Press, 2005), 44.
  5. Encyclopaedia Britannica, "Khwarezm-Shah-Dynasty", (LINK)