In the Clear

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
In the Clear
Álbum de estúdio de Ivy
Lançamento 1 de março de 2005
Gravação 2004-2005
Gênero(s) Pop
Duração 43:22
Gravadora(s) Nettwerk
Produção Steve Osborne
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Ivy
Último
Último
Long Distance
(2001)
All Hours
(2011)
Próximo
Próximo

In the Clear é o quarto álbum de estúdio da banda norte-americana Ivy, lançado em 1 de março de 2005 pela Nettwerk.

Composição e gravação[editar | editar código-fonte]

Quando começou a gravação de In the Clear, a banda tentou balancear entre o que a banda já havia feito no início e inovações que estavam presentes no último álbum. "De inicio queriamos voltar a soar como uma banda ao vivo," explicou Schlesinger, "mas é claro que isso não levou tempo o bastante."

Chase elaborou dizendo: "Nós tentamos capturar aquele sentimento de excitação de tocar juntos - seja na guitarra ou no piano ou na bateria. Lançamos então várias idéias novas e espontaneas, que nós fomos apresentando aos poucos, constantemente falando ou comentando durante o processo mas sempre tentando reter aquela energia inicial." Este método, apesar de ser comum para algumas bandas, mas era uma coisa novo para Ivy , cuja as canções em sua maioria eram escritas lonje de um estúdio; em In the Clear, a banda escreveu todas as canções juntas.

Nem toda as idéias foram usadas ou eram rotineiras para Ivy. "Havia algumas idéias que adoramos mas elas não iam na mesma direção que queriamos e não conseguiamos transforma-las em uma canção completa que eu poderia cantar," disse Durand. "Mas outras idéias vieram fácil."

As dez canções de In The Clear variam em tempo e humor, mas as músicas do álbum dão uma idéia de continuidade que não se perde - de forma lenta e crescendo em "Nothing But The Sky" até o ápice em "Thinking About You", "Tess Don't Tell" (com James Iha na guitarra) e "I've Got You Memorized", até as faixas calmas e sutis como "Four In The Morning", "Ocean City Girl" e "Keep Moving". Muitas das letras das canções sugerem narrativas internas mais do que simples histórias sendo contadas; temas como segredo, isolamento e fuga vem à tona neste álbum.

Ivy trouxe o famoso produtor britânico Steve Osborne (New Order, Happy Mondays, Starsailor, Elbow) pela primeira vez para Nova Iorque para ajudar a fazer o álbum. A especialidade de Osborne é fazer álbuns que sejam tanto agressivos quanto amplos, e foi exatamente isso que atraiu a banda.

In the Clear também conta com a participação de vários amigos da banda como o guitarrista James Iha, Jody Porter (Fountains of Wayne), o músico brasileiro Zé Luis (Bebel Gilberto, Caetano Veloso) e o ex-líder do Girls Against Boys Scott McLoud, que estréia com Durand na faixa "Feel So Free".

O álbum foi muito bem recebido pela crítica. "Thinking About You" recebeu um video clipe animado e é provavelmente a segunda canção mais popular da banda Ivy.

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD
N.º Título Duração
1. "Nothing But the Sky"   5:12
2. "Thinking About You"   4:13
3. "Keep Moving"   4:43
4. "Tess Don't Tell"   4:35
5. "Four in the Morning"   5:10
6. "Corners of Your Mind"   2:49
7. "Clear My Head"   3:30
8. "I've Got You Memorized"   3:48
9. "Ocean City Girl"   4:24
10. "Feel So Free"   4:58

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Ivy é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.