Incêndio no edifício das Lojas Renner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bombeiros tentam apagar incêndio no edifício.
Foto: JB Scalco/Veja.

O incêndio no edifício das Lojas Renner, foi uma tragédia ocorrida na tarde de 27 de abril de 1976 na cidade brasileira de Porto Alegre, RS. 41 pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas.1 O edifício, onde funcionavam as Lojas Renner, tinha sete andares e localizava-se na esquina da rua Otávio Rocha com a Dr. Flores.2 Para escapar das chamas, muitas pessoas se jogaram do prédio. Helicópteros da Base Aérea de Canoas sobrevoaram o local do desastre, mas não puderam resgatar as vítimas que estavam no terraço pois o local não era apropriado para esse tipo de operação. Muitas vítimas puderam ser socorridas pelo Corpo de Bombeiros devido ao uso da escada Magirus. Duzentos bombeiros participaram da operação. Uma lancha da Estação Fluvial também foi usada, posicionada à beira do Lago Guaíba para suprir a falta de água no combate ao incêndio.1

O edifício foi demolido e, anos depois, reconstruído, continuando a pertencer às Lojas Renner.2

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Cpovo.net - Incêndios que ninguém esquece
  2. a b Zero Hora - Página 43 "Há 30 anos em ZH" (03/09/2007)
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.