Indiana Jones

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Indiana Jones
Indiana Jones in Raiders of the Lost Ark.jpg
Caracterização do personagem Indiana Jones pelo ator Harrison Ford, nas séries de filmes "Indiana Jones".
Outro(s) nome(s) Dr. Henry Walton "Indiana" Jones, Jr.
Indy; Júnior
Origem Princeton, Nova Jérsei
Sexo Masculino
Actividade(s) Arqueólogo, professor; Espião
Especialidade(s) Atirador e Combate corpo a corpo
Afiliações Sallah, Short Round
Família Dr. Henry Jones (pai)
Marion Ravenwood (esposa)
Mutt Williams (filho)
Amigo(s) Marcus Brody
Sallah
Short Round
Inimigo(s) Toht (principal vilão)
,Adolf Hitler
René Belloq
Herman Dietrich
Walter Donovan
Irina Spalko
Mola Ram
Dublagem Guilherme Briggs
Criado por George Lucas
Filme(s) Indiana Jones
Primeira aparição Os Caçadores da Arca Perdida (1981)
Última aparição Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (2008)
Interpretado por
Projecto Cinema  · Portal Cinema

Henry Walton "Indiana" Jones, Jr., ou simplesmente Indiana Jones, é um personagem de uma série de filmes criado por George Lucas, dirigido por Steven Spielberg e vivido por Harrison Ford. O personagem também aparece em jogos de computador e séries de televisão.

Personagem[editar | editar código-fonte]

Chapéu de Indiana Jones.

Indiana Jones Júnior é um indivíduo com vida dupla: além de um pacato professor de Arqueologia, é um aventureiro destemido e pouco convencional, que usa um revólver, um chicote e um inseparável chapéu e é mais conhecido por Indiana, apelido tirado do nome do cão que tinha quando criança (na vida real, o cão pertencia a George Lucas).

A maioria de suas aventuras ocorre na década de 1930. No primeiro e terceiro filmes, o herói enfrenta forças nazistas que querem se apossar de famosas relíquias judaico-cristãs, a Arca da Aliança e o Santo Graal, respectivamente, com o intuito de utilizar seus poderes para o mal. O segundo filme ambienta-se na Índia, e o quarto filme começa nos EUA e termina nas selvas da América do Sul.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Filme
Raiders of the Lost Ark Temple of Doom The Last Crusade Kingdom of the Crystal Skull
Indiana Jones (Henry Jones, Jr.) Harrison Ford Harrison Ford
River Phoenix
Harrison Ford
René Belloq Paul Freeman
Marcus Brody Denholm Elliot Denholm Elliot
Marion Ravenwood Karen Allen Karen Allen
Major Toht Ronald Lacey
Sallah John Rhys-Davies John Rhys-Davies
Willie Scott Kate Capshaw
Short Round Jonathan Ke Quan
Mola Ram Amrish Puri
Walter Donovan Julian Glover
Elsa Schneider Alison Doody
Henry Jones, Sr. Sean Connery
Alex Hyde-White
George "Mac" MacHale Ray Winstone
Irina Spalko Cate Blanchett
Mutt Williams (Henry Jones, III.) Shia LaBeouf
Harold Oxley John Hurt

A saga[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Indiana Jones é conhecido principalmente pelos quatro filmes dirigidos por Steven Spielberg. Em todos eles, Indiana é interpretado por Harrison Ford.

Título Original Título em Portugal Título no Brasil Ano de lançamento
Raiders of the Lost Ark Os Salteadores da Arca Perdida Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida 1981
Indiana Jones and the Temple of Doom Indiana Jones e o Templo Perdido Indiana Jones e o Templo da Perdição 1984
Indiana Jones and the Last Crusade Indiana Jones e a Grande Cruzada Indiana Jones e a Última Cruzada 1989
Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal 2008

Jogos[editar | editar código-fonte]

Foram lançados para diversas plataformas jogos baseados nos filmes para o cinema.

Além desses, a LucasArts lançou cinco games contendo aventuras inéditas do herói:

E em 2008, a Traveller's Tales lançou Lego Indiana Jones: The Original Adventures (PC, PS2, Xbox 360, Nintendo DS, PlayStation 3, PlayStation Portable, Wii) contando a história dos três filmes em versão Lego. Uma continuação, Lego Indiana Jones 2: The Adventure Continues, adicionando novos níveis e o quarto filme, foi lançada em Novembro de 2009.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Nos anos 90, George Lucas produziu e realizou uma série, The Young Indiana Jones Chronicles (O Jovem Indiana Jones), com Sean Patrick Flanery ou Corey Carrier interpretado o personagem aos 17 e 10 anos, respectivamente. George Hall interpretava o herói com 93 anos, e um episódio teve a participação de Harrison Ford como Indiana nos anos 50.[1]

A série mostrava diversas aventuras de Indy ao redor do mundo, e seu encontro com personalidades históricas como Leon Tolstói, Pancho Villa ou Charles de Gaulle.

Produção[editar | editar código-fonte]

Criação[editar | editar código-fonte]

Harrison Ford.

George Lucas teve ideias para dois filmes inspirados nos seriados dos anos 30, uma de ficção científica no estilo Buck Rogers e Flash Gordon, e outra de ação inspirada na Republic Pictures e Doc Savage, com um arqueólogo aventureiro. A primeira se tornou Star Wars, e a segunda Lucas primeiro transformou no roteiro The Adventures of Indiana Smith, que com a colaboração do roteirista Philip Kaufman, que sugeriu usar a Arca da Aliança, se tornou Raiders of the Lost Ark. Em 1977, Steven Spielberg se encontrou com Lucas dizendo que queria dirigir um filme da série James Bond, Lucas ao invés disso ofereceu-lhe Raiders dizendo que era "melhor que James Bond". Spielberg gostou, mas pediu para trocar o sobrenome do herói, e logo Lucas sugeriu "Jones". O contrato com a Paramount Pictures previa 5 filmes de Indiana Jones, mas Spielberg prometeu a Lucas apenas três.

Spielberg queria Harrison Ford no papel, mas Lucas resistiu, dizendo que ele já participara de muitas produções suas (American Graffiti e a trilogia Star Wars). Tom Selleck foi escolhido, mas seu contrato com a série Magnum, P.I. o impediu de participar. Spielberg sugeriu Ford novamente, e Lucas dessa vez permitiu.

Trilogia Original[editar | editar código-fonte]

Raiders of the Lost Ark foi filmado em estúdios na Inglaterra para cortar custos, e também em locações no Havaí, Tunísia e França. Foi lançado em 1981 e logo se tornou um sucesso crítico e de bilheteria.

Para a continuação Indiana Jones and the Temple of Doom, Lucas não queria reutilizar os nazistas. Spielberg inicialmente considerou o Rei Macaco, e Lucas um castelo mal-assombrado, que Spielberg rejeitou por causa de uma produção sua, Poltergeist. O castelo logo se tornou um templo demoníaco na Índia. A produção foi filmada no Sri Lanka e Inglaterra, e seu tom mais sombrio, influenciado pela separação de Spielberg e o divórcio de Lucas, levou o filme a não ter a mesma recepção calorosa do antecessor em seu lançamento em 1984.

Para o terceiro filme, Lucas sugeriu o Santo Graal, e Spielberg rejeitou inicialmente por considerá-lo "etéreo", mas então Lucas resolveu criar uma história de pai e filho, com o Graal sendo uma metáfora para a reconciliação. Para interpretar o pai de Indiana, chegaram à conclusão que o único que podia interpretá-lo era James Bond - Sean Connery. Indiana Jones and the Last Crusade foi filmada em Espanha, Inglaterra e Estados Unidos e foi bem aceito pelo público e crítica em 1989.

Indiana Jones IV[editar | editar código-fonte]

The Last Crusade termina com os heróis cavalgando em direção ao pôr do sol porque Spielberg achava que era uma conclusão da trilogia. Lucas não conseguia pensar em uma boa ideia para outro filme, e resolveu então produzir uma série de TV contando as origens do personagem. Quando Harrison Ford participou de um episódio, Lucas chegou a conclusão que podia fazer um filme com Indiana nos anos 50, inspirado na ficção científica da época e usando alienígenas. Ford e Spielberg resistiram à ideia (o segundo principalmente por ter feito dois filmes com extraterrestres, Close Encounters of the Third Kind e E.T.). Lucas pediu roteiros para dois escritores (Jeb Stuart e Jeffrey Boam), mas após o lançamento de Independence Day, ele e Spielberg desistiram temporariamente de outro filme de invasão alienígena.

Em 2000, Spielberg, Ford, Lucas, e os produtores Frank Marshall e Kathleen Kennedy se encontraram em um tributo a Ford pelo American Film Institute e decidiram que valia a pena tentar mais um Indiana Jones. Lucas resolveu tornar os extraterrestres não como do espaço, mas de outra dimensão (inspirado na teoria das cordas) e usar as caveiras de cristal como ponte. Frank Darabont escreveu um roteiro em 2002 (cuja maior colaboração foi o retorno da mocinha de Os Caçadores e um filho para Indiana), e Jeff Nathanson, outro em 2004. A partir daí David Koepp assumiu o texto, que foi batizado Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal. Como Spielberg não queria se afastar da família, todas as filmagens foram nos Estados Unidos. O filme foi lançado em 22 de maio de 2008.

Indiana Jones e seu amigo Sallah carregando a Arca Perdida.

Futuro da Franquia[editar | editar código-fonte]

Spielberg quer fazer outro filme apenas se o público quiser mais, Ford disse que se interessa "desde que não leve mais 20 anos"[1] e que Lucas está atualmente pensando na ideia de um quinto.[2]

A introdução do filho de Indiana Jones, Mutt Williams (Shia LaBeouf) no quarto filme levou a rumores que ele se tornaria foco da franquia. Spielberg disse que LaBeouf tem que "fazer muitos Transformers antes de assumir o papel", [3]. Lucas inicialmente considerou um quinto filme focado em Mutt, [4] mas depois mudou de ideia, dizendo que "Harrison Ford é Indiana Jones. Se fosse Mutt seria Mutt Williams e a Busca por Elvis ou coisa parecida".[5]

Lançamento em Blu-ray 2012[editar | editar código-fonte]

Um dos maiores fenômenos da história do cinema, Indiana Jones foi lançado pela primeira vez em Blu-ray no dia 20 de setembro de 2012 no Brasil.

Da premiada dupla Steven Spielberg e George Lucas, como nunca vista antes, As Aventuras Completas em Blu-ray! Pela primeira vez, todos os quatro inesquecíveis filmes juntos em Blu-ray, apresentados com imagem brilhante, qualidade de alta definição e áudio 5.1. A coleção vem com cinco discos, com versões master digitais, com cores totalmente corrigidas, de O Templo da Perdição e A Última Cruzada, além da ansiosamente esperada restauração quadro a quadro completa, de Os Caçadores da Arca Perdida. Com horas de extras especiais, incluindo novo conteúdo criado exclusivamente para este lançamento. [2]


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. O Jovem Indiana Jones Veja. Página visitada em 7 de janeiro de 2014.
  2. Indiana Jones: A Aventura Completa em Blu-ray já disponível em pré-venda no Brasil Bjc.uol.com.br. Bjc.uol.com.br. Página visitada em 04 de setembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]