Ineni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Ineni foi um arquitecto e funcionário real do Antigo Egipto que esteve ao serviço de cinco reis: Amenófis I, Tutmés I, Tutmés II, Hatchepsut e Tutmés III.

De origens familiares aristocráticas, a sua carreira começou na parte final do reinado de Amenófis I.

Supervisionou a construção do primeiro túmulo real no Vale dos Reis, o de Tutmés I. Durante o período do Império Novo os reis optaram por escavar os seus túmulos na rocha, para evitar os ataques e os roubos (sem muito sucesso). Tutmés I também encargou a Ineni a construção da sala hipóstila do templo de Karnak.

Ineni foi "Supervisor dos Celeiros de Amon" desde o tempo de Amenófis I até à época de Tutmés III.

Julga-se que também deu um contributo para a construção do templo funerário de Hatchepsut em Deir el-Bahari, uma obra que foi sobretudo da responsabilidade de Senemut. Esta rainha mostrou-se reconhecida pelo trabalho de Ineni, tendo segundo as fontes enchido a sua casa de ouro e prata.

O seu túmulo, em Qurna, que foi em grande parte destruído, resultou do aproveitamente de um túmulo inacabado do tempo da XI Dinastia. Apresenta uma característica peculiar: uma grande quantidade de árvores e arbustos foram pintados nas paredes. Pensa-se que Ineni teria um interesse por jardinagem. A sua autobiografia também se encontrava inscrita nas paredes.