Ingra Liberato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2012).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ingra Liberato
Nome completo Ingra de Souza Liberato
Nascimento 21 de setembro de 1966 (47 anos)
Salvador, Bahia
 Brasil
Ocupação atriz
Cônjuge Jayme Monjardim (1990-1995)
Duca Leindecker (2001-2012)
IMDb: (inglês)


Ingra de Souza Liberato (Salvador, 21 de setembro de 1966) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de cineastas, Ingra estreou no cinema aos 7 anos de idade, fazendo o papel de uma sereia no curta Ementário (1973), dirigido por seu pai Chico Liberato com roteiro de sua mãe Alba Liberato.

Trabalhou em telenovelas de grande sucesso na extinta Rede Manchete, como Pantanal e A História de Ana Raio e Zé Trovão, depois passou para Rede Globo.

Em 2002 passou a residir em Porto Alegre. Foi casada por cinco anos com o diretor Jayme Monjardim e por onze anos com o músico Duca Leindecker, da banda Cidadão Quem e do Pouca Vogal, com quem tem um filho, Guilherme (2003).

Em 2007, recebeu o prêmio Kikito na categoria melhor atriz por sua atuação no filme Valsa para Bruno Stein no Festival de Gramado.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Trabalho Papel Emissora
1989 Pacto de Sangue (telenovela) Rede Globo
Tieta (telenovela) Tonha (jovem) Rede Globo
1990 Pantanal (telenovela) Madeleine (jovem) Rede Manchete
O Canto das Sereias (minissérie) Teoxíope Rede Manchete
Meu Bem, Meu Mal (telenovela) Suelen Rede Globo
A História de Ana Raio e Zé Trovão (telenovela) Ana Raio Rede Manchete
1994 Quatro por Quatro (telenovela) Rosa Rede Globo
1995 Decadência (minissérie) Rafaela do Couto Neves Rede Globo
1996 Você Decide (seriado) Rede Globo
1997 A Indomada (telenovela) Paraguaia Rede Globo
1999 Louca Paixão (telenovela) Soninha 38 Rede Record
2001 O Clone (telenovela) Amina Rede Globo
2005 Essas Mulheres (telenovela) Marli Lemos Rede Record
Segredo (minissérie) Isabel TVJB
2008 Os Mutantes - Caminhos do Coração (telenovela) Rainha Sibila Rede Record
2009 Parada 90 (minissérie) Teca Ulbra TV
2011 Fora do Ar (série) Leila Dias RBS TV
2012 A Vida da Gente (telenovela) Produtora Rede Globo
Balacobaco (telenovela) Celina Fortunato Corrêa[2] Rede Record

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Trabalho Papel
1973 Ementário Sereia
1997 O Cangaceiro Olívia
1999 Dois Córregos Teresa
2000 Eu não Conhecia Tururu Isabel
Você Sabe Quem curta-metragem
2001 3 Histórias da Bahia enviada do diabo
Sonhos Tropicais Emília
Cine Paixão curta-metragem
2003 O General Bailarina
2005 As Vidas de Maria Maria
2007 Valsa para Bruno Stein Valéria
Chá de Frutas Vermelhas curta-metragem
2008 Sonho Lúcido vários personagens
2010 A Casa Verde
2011 O Carteiro Natalina
Contos Gauchescos

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • 2007 - Melhor atriz no 35º Festival de Gramado (por Valsa para Bruno Stein)
  • 1999 - Melhor atriz no 3° Festival de Santa Maria da Feira (Portugal) (por Dois córregos)
  • 1999 - Melhor atriz no 7° Festival de Cuiabá (por Dois córregos)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.