Instituto Americano de Engenheiros Eletricistas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Instituto Americano de Engenheiros Eletricistas (AIEE) "American Institute of Electrical Engineers" foi uma organização estadunidense formada por engenheiros elétricos que existiu no período entre 1884 e 1962. Em 01 de janeiro de 1963 fundiu-se com o Instituto de Engenheiros de Rádio (IRE) para formar o Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE)[1] .

História[editar | editar código-fonte]

O Instituto Americano de Engenheiros Elétricos (AIEE) teve como fundadores alguns dos mais importantes e inovadores inventores do então novo campo de engenharia elétrica, entre eles Nikola Tesla, Thomas Alva Edison, Elihu Thomson, Edwin J. Houston, e Edward Weston[2] . O objetivo do AIEE foi indicado "para promover as artes e as ciências relacionadas com a produção e utilização de energia elétrica e do bem-estar das pessoas empregadas nessas indústrias: por meio de relações sociais, leitura e discussão de trabalhos profissionais e da circulação por meio de publicação entre os membros e associados de informações assim obtidas". O primeiro presidente da AIEE foi Norvin Verde, presidente da Western Union Telegraph Company. Outros presidentes notáveis da AIEE ??foram Alexander Graham Bell (1891-1892) , Charles Proteus Steinmetz (1901-1902), Schuyler S. Wheeler (1905-1906), Dugald C. Jackson (1910-1911), Ralph D. Mershon (1912 - 1913), Michael I. Pupin (1925-1926), e Tito G. LeClair (1950-1951)[3] .

A primeira reunião técnica do AIEE foi realizada durante a Exposição Internacional Elétrica de 1884, em Filadélfia, Pensilvânia (07-08 outubro, no Instituto Franklin). Depois de vários anos de funcionamento, inicialmente em Nova York, o AIEE autorizou o funcionamento de seções locais. Estas foram formadas primeiro nos Estados Unidos (Chicago e Ithaca, 1902) e, em seguida, em outros países (a primeira seção de fora dos EUA foi em Toronto, no Canadá, fundada em 1903). A estrutura regional do AIEE logo foi complementada por uma estrutura técnica -o primeiro comitê técnico do AIEE (Comitê de transmissão de alta-tensão) sendo formado em 1903. Trabalhos de normalização começaram em 1891 com a formação de uma comissão de unidades e padrões, seguido por uma comissão sobre fiação padrão.

A formação da Subcomissão da AIEE de Computação em Grande Escala, em 1946, foi considerada um marco importante na história da engenharia da computação. Foi a primeira vez que uma associação profissional reconhecia a importância de computadores e computação em eletro-tecnologia .

Inicialmente as áreas técnicas de interesse da AIEE eram: energia elétrica, iluminação e comunicações com fio. Rádio e comunicações sem fio tornaram-se o foco principal de uma organização rival, o Instituto de Engenheiros de Rádio (IRE, criado 1912). A dinâmica de crescimento da tecnologia de rádio e do surgimento da nova disciplina da eletrônica na década de 1940 levou a uma forte concorrência entre AIEE e IRE, com o IRE mostrando um rápido crescimento nos anos 1950 e início dos anos 1960, e atraindo mais alunos. Em 1957, o IRE, com cerca de 55.500 membros, superou o AIEE em quantidade de membros; em 1962 o IRE tinha 96.500 membros e o AIEE tinha 57.000.

Primeira Logomarca[editar | editar código-fonte]

Após a fundação do AIEE em 1884, seu emblema de membro foi criado por um comitê chefiado pelo Dr. Alexander Grahan Bell em 1893. Grahan Bell foi presidente da AIEE entre 1891 e 1892. O emblema mostrafa a pipa de Benjamin Franklin, representando a descoberta de que os ráios possuiam eletricidade. O projeto também mostrava uma bobina de ouro com seus pontos médios cruzados por um galvanômetro, lembrando a Ponte de Wheatstone. A Lei de ohm e as letras 'AIEE' foram adicionadas na base do logo, em ouro. O design do emblema, muito pesado, foi substituído quatro anos depois.[4]

Incorporação e evolução[editar | editar código-fonte]

Em 1963 ocorreu a fusão do AIEE com o IRE para formar o Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE), que em pouco tempo se tornou a maior sociedade técnica do mundo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Redação (21 de fevereiro de 2014). Pesquisador cabo-verdiano ganha prémio mundial em engenharia eletrotécnica. África 21 Digital. Página visitada em 07 de abril de 2014.
  2. IEEE Global History Network. Presidents of the American Institute of Electrical Engineers (AIEE). Página visitada em 07 de abril de 2014.
  3. Gustavo Gusmão (31 de outubro de 2013). Brasileiro ocupará cargo que já foi de Graham Bell no IEEE. Revista info EXAME. Página visitada em 07 de abril de 2014.
  4. IEEE Student Journal (março de 1963). Archives:Evolution of the IEEE Logo (em inglês) pp. 48. Institute of Electrical and Electronics Engineers. Página visitada em 21 de abril de 2014.