Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) é o órgão da segurança pública do Estado do Rio Grande do Sul que tem como função coordenar e realizar as atividades de perícias criminais no Estado por meio de seus respectivos departamentos. Desempenha suas atividades com autonomia administrativa e funcional, de forma desvinculada da Polícia Civil do Estado, diferentemente de alguns outros Estados brasileiros.

Corresponde à Polícia Científica de outros Estados e é subordinado diretamente à Secretaria de Segurança Pública do Estado, trabalhando em estreita cooperação com a Brigada Militar e a Polícia Civil.

O IGP é formado por quatro departamentos, os quais possuem sedes em diversos municípios do Estado:

  • Departamento Médico-Legal (DML)
  • Departamento de Identificação (DI)
  • Departamento de Criminalística (DC)
  • Laboratório de Perícias (localizado somente na capital, Porto Alegre)

Seu quadro de servidores efetivos é composto pelas seguintes funções:

  • Peritos - nas várias especialidades, são os responsáveis pelo exame dos locais de crime e pelas análises forenses laboratoriais.
  • Médicos-legistas (ou peritos médico-legais) - responsáveis pelas necrópsias e pelos exames de corpo de delito.
  • Papiloscopistas - responsáveis pela identificação humana por impressões digitais e por identificações civil, criminal ou post-mortem.
  • Fotógrafos criminalísticos - responsáveis pelo registro fotográfico em locais de crime e representação facial humana.
  • Auxiliares de Perícias - exercem as atividades de apoio em necropsias e em locais de crime.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]