Instituto Real de Tecnologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edifício principal no Verão.

O Instituto Real de Tecnologia ou Kungliga Tekniska Högskolan (KTH) é uma universidade situada em Estocolmo, Suécia, onde tem quatro campi. O KTH foi fundado em 1827 e é a maior instituição de ensino superior em tecnologia da Escandinávia e uma das universidades técnicas líderes da Europa.[1]

Campus[editar | editar código-fonte]

O campus principal foi construído em Valhallavägen, pelo arquitecto Erik Lallerstedt, e foi completado em 1917. Os edifícios e áreas envolventes foram decorados por importantes artistas suecos do início do século XX como Carl Milles, Alex Töreman, Georg Pauli, Tore Strindberg e Ivar Johnsson. Os edifícios mais antigos do campus sofreram uma completa renovação em 1994. Enquanto o campus original era grande para a sua época, o KTH fê-lo superar expandindo-o com novos edifícios. Na actualidade as instituições e faculdades da KTH estão distribuídas por vários campi na província de Estocolmo.

História[editar | editar código-fonte]

A história do KTH começa em 1827, quando o Teknologiska Institutet (instituto de tecnologia) começou a dar cursos nos domínio tecnológicos com forte componente prática, com o objectivo de acompanhar a crescente procura de engenheiros no período de industrialização da Suécia. A escola era apreciada pela conjugação teórico-prática que dava aos cursos.

Em 1877, recebeu o nome de Kungliga Tekniska högskolan, reconhecendo assim a sua ligação à investigação. Estendeu os seus domínios científicos além dos quatro ramos que tinha em 1867: mecânica, química, engenharia civil e engenharia de minas. Apareceram as áreas de arquitectura (1877), engenharia eléctrica (1901), engenharia naval (1912), topografia e física (1932), informática (1983) e economia (1990).

Em 1917 a escola procurou instalar-se num novo campus no norte de Estocolmo, desenhado pelo arquitecto Erik Lallerstedt.

Na década de 1950 foram instalados os primeiros reactores nucleares e emissores de televisão da suécia. O KTH oferece hoje instalações para áreas distintas como a biotecnologia e as telecomunicações.

Alguns antigos alunos célebres[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "World Top 100 University Engineering Faculties", 100 universidades de maior prestigio no mundo da engenharia, acesso em 24-5-2007