Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Instituto de Artes é uma das unidades da Universidade Estadual Paulista (UNESP).

História[editar | editar código-fonte]

O Instituto de Artes da UNESP nasceu em janeiro de 1949, pelas mãos do maestro João Baptista Julião,[1] quando criou o Conservatório Estadual de Canto Orfeônico, anexo ao Instituto de Educação Caetano de Campos, em São Paulo (capital).

Após 18 anos, o conservatório mudou-se para um prédio anexo à atual Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Jardim da Luz. Sete anos mais tarde, em 1974, o conservatóriofoi transferido para São Bernardo do Campo e passou a se chamar Faculdade Estadual “Maestro Julião” .

Em 1976, ainda na qualidade de faculdade de música, passou a integrar, através da Lei n.º 952 de 30-1- 76, a recém-criada Universidade Estadual Paulista (UNESP). Em 1981, o Instituto de Artes foi transferido para a cidade de São Paulo, instalando-se no bairro do Ipiranga, passando a ser então a única dentre as 15 unidades da UNESP a ter sede na capital.

Em 1993, dada a expansão das atividades do Instituto, foi alugado outro imóvel para abrigar a Divisão Administrativa. Foram também alugados imóveis para a Moradia Estudantil. Em 1994, para instalar os ateliês e oficinas do curso de Bacharelado em Artes Plásticas, foi alugado um outro imóvel. Posteriormente, em 1998, a Divisão Administrativa retornou à sede. Em 2009, o Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista mudou-se para o bairro da Barra Funda.[2]

Cursos oferecidos[editar | editar código-fonte]

  • Artes Cênicas (licenciatura)l
  • Artes Visuais (licenciatura e bacharelado)
  • Música
    • Composição (bacharelado)
    • Regência (bacharelado)
    • Educação Musical (licenciatura)
    • Canto (bacharelado)
    • Instrumento (cordas, sopros, percussão e teclados) (bacharelado)

Referências