Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o portal:

O Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos ou IEEE (pronuncia-se I-3-E, ou, conforme a pronúncia inglesa, eye-triple-e) é uma organização profissional sem fins lucrativos, fundada nos Estados Unidos. É a maior (em número de sócios) organização profissional do mundo. O IEEE foi formado em 1963 pela fusão do Instituto de Engenheiros de Rádio (IRE) com o Instituto Americano de Engenheiros Elétricistas (AIEE). O IEEE tem filiais em muitas partes do mundo, sendo seus sócios engenheiros eletricistas, engenheiros da computação, cientistas da computação, profissionais de telecomunicações etc. Sua meta é promover conhecimento no campo da engenharia elétrica, eletrônica e computação. Um de seus papéis mais importantes é o estabelecimento de padrões para formatos de computadores e dispositivos.

Geralmente participa em todas as atividades associadas com organizações profissionais:

  • Editando e publicando jornais.
  • Estabelecendo atividades de padrões baseadas em consenso.
  • Organizando conferências.
  • Promovendo publicações técnicas, de seus próprios jornais, padrões e textos de membros.

Grupos de Interesse[editar | editar código-fonte]

A organização da IEEE inclui a existência de dezenas de grupos de interesse, sendo que o maior deles é quase uma associação própria, a IEEE Computer Society.

Ações Voluntárias[editar | editar código-fonte]

O IEEE promove, através de seus ramos estudantis, oportunidades para os universitários promoverem atividades sociais e ciêntíficas em suas universidades. Adicionalmente, existem capítulos profissionais dos seus Grupos de Interesse e capítulos focados para os formados na última década, chamado GOLD.

Padrões notáveis do IEEE[editar | editar código-fonte]

IEEE 488[editar | editar código-fonte]

Padrão de comunicação digital paralelo de 8 bits, ainda usado para conectar instrumentos de teste em rede. Também conhecido como GPIB e HP-IB.

IEEE 754[editar | editar código-fonte]

Aritmética de ponto flutuante, possibilitando uma maior precisão em cálculos.

IEEE 802[editar | editar código-fonte]

Os padrões IEEE 802 são referentes às redes locais e redes metropolitanas. Camadas da arquitetura IEEE 802:

  • Física/Physical Layer (PHY): camada responsável pelo estabelecimento, manutenção e liberação de conexões físicas. A transmissão dos bits é feita através de um meio físico, podendo ser cabo coaxial, cabo par trançado ou Fibra óptica. Responsável pelo método de codificação e pela taxa de transmissão.
  • Controle de acesso ao meio/Médium Access Control (MAC): camada responsável pela organização do acesso ao meio físico compartilhado. O controle é feito por técnicas: CSMA/CD (802.3), Token Bus (802.4), Token Ring (802.5), DQDB (802.6).
  • Controle de enlace lógico/Logical Link Control (LLC): camada independente da camada MAC que é responsável pela multiplexação e por controle de erros e de fluxo.

Alguns sub-padrões do IEEE 802 conhecidos:

  • IEEE 802.1: Padrão que especifica a relação entre os padrões IEEE e sua interação com os modelos OSI, assim como as questões de interconectividade e administração de redes.
  • IEEE 802.2: Controle lógico de enlace (LLC), que oferece serviços de conexão lógica a nível de capa 2.
  • IEEE 802.3: Padrão que especifica as camadas de ligação de dados do Modelo OSI para a interconexão de redes locais.
  • IEEE 802.11: Padrão para redes sem fio.

IEEE 829[editar | editar código-fonte]

Documentação de Teste de Software

IEEE 896[editar | editar código-fonte]

IEEE 1003[editar | editar código-fonte]

IEEE 1076[editar | editar código-fonte]

IEEE 1284[editar | editar código-fonte]

IEEE 1394[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]