Intervenção dos Aliados na Guerra Civil Russa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Intervenção dos Aliados na Guerra Civil Russa
Parte da(o) Guerra Civil Russa
Wladiwostok Parade 1918.jpg
Tropas aliadas desfilando em Vladivostok, 1918.
Data 1918-20; 1922 Retirada japonesa da Sibéria
Local Norte da Rússia, Sibéria
Desfecho retirada Aliada da Rússia bolchevique
vitória sobre o Exército Branco
Combatentes
Rússia Movimento Branco
Reino Unido Império Britânico

Flag of Checoslováquia Checoslováquia
Flag of Finlândia Finlândia
França França
State Flag of Greece (1863-1924 and 1935-1970).svg Reino da Grécia
Flag of Italy (1861-1946) crowned.svg Reino de Itália
Império do Japão Império do Japão
Polónia Polônia
Flag of Romania.svg Reino da Romênia
State Flag of Serbia (1882-1918).svg Reino da Sérvia
Flag of Estados Unidos EUA



Apoiados por
República da China República da China
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Rússia soviética
Flag Far Eastern Republic.svg República do Extremo Oriente
Principais líderes
Varios comandantes Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Vladimir Lenin
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Leon Trotsky
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Mikhail Tukhachevsky
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Fedor Raskolnikov
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Joseph Stalin
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Dmitry Zhloba
Flag of Russian SFSR (1918-1937).svg Pavel Dybenko
Forças
~155,560; desconhecida

A intervenção dos Aliados foi uma expedição militar multi-nacional lançada em 1918 durante a Guerra Civil Russa e a Primeira Guerra Mundial. A intervenção envolveu 14 de nações [1] e foi conduzida ao longo de uma vasta extensão do território. No inicio os objetivos declarados foram resgatar a Legião Checoslovaca, para garantir os fornecimentos de armamentos e munições em portos russos e eventualmente restabelecer a Frente Oriental. Com o fim da guerra, os Aliados, temerosos com o bolchevismo, interveram abertamente na Guerra Civil Russa, dando apoio aos pró-czaristas, antibolchevique Exército Branco. No entanto, a oposição para a campanha em curso tornou generalizada, devido a uma combinação de falta de apoio do público e cansaço da guerra; com os objetivos divididos e a falta de uma estratégia global também dificultaram o esforço. Estes fatores, juntamente com a evacuação da Legião Checoslovaca e a deterioração da situação obrigaria os Aliados se retirarem do Norte da Rússia e da Sibéria, em 1920. No entanto, os japoneses ocuparam partes da Sibéria até 1922. .[2]

Com o fim do apoio aliado, o Exército Vermelho foi capaz de infligir derrotas ao Exército Branco e as restantes forças governamentais, levando à seu eventual colapso. Durante a intervenção dos Aliados, a presença de tropas estrangeiras foi usada eficazmente como propaganda patriótica pelos bolcheviques.

Referências

  1. A History of Russia, 7th Edition, Nichlas V. Riasanovsky & Mark D. Steinberg, Oxford University Press, 2005.
  2. Beyer, pp. 152-53.
Ícone de esboço Este artigo sobre conflitos armados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.