Inundações na China de 1931

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

A Grande Inundação do Rio Amarelo (Huang Ho) de 1931 é considerada um dos piores desastres naturais já ocorridos em todos os tempos, em número de vítimas fatais. Ocorreu em 1931 e estima-se que foram mortas de 850 mil a 4 milhões de pessoas, incluindo-se aí os efeitos secundários da inundação, como destruição de casas e lavouras, fome e desabrigados. Não só na bacia do rio Amarelo houve enchentes, pois todos os grandes rios da China, como o Rio das Pérolas, o Yangtzé e o Rio Huai causaram inundações nesse ano.[1]

Entre Julho e Novembro, cerca de 88 mil quilômetros quadrados ficaram completamente inundados enquanto outros 21 mil quilômetros quadrados ficaram parcialmente inundados.[2]

Referências

  1. 中国水利网 (em Chinês). Chinawater.com.cn. Acessado em 4 de novembro de 2013.
  2. Glantz, Mickey. Glantz, Michael H (2003). Climate Affairs: A Primer. Island Press. ISBN 1-55963-919-9. pg 252.
Ícone de esboço Este artigo sobre a China é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.