Inuyama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização de Inuyama na província de Aichi
Principal fortaleza do Castelo de Inuyama (3 de Outubro de 2001)

Inuyama (犬山市; -shi) é uma cidade japonesa localizada na província de Aichi, perto de Nagoya.

Em 2003 a cidade tinha uma população estimada em 73 247 habitantes e uma densidade populacional de 977,02 h/km². Tem uma área total de 74,97 km².

Recebeu o estatuto de cidade a 1 de Abril de 1954.

Existe um conjunto apreciável de atracções turísticas na cidade e nos seus arredores. O mais concorrida será, com certeza, o Castelo de Inuyama (犬山城 inu-yama-jō) numa elevação de 40 metros sobre o rio Kiso.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Inuyama é a aglotinação das palavras inu (cão) + yama (monte), o que traduzido para português significa Monte do Cão.

Transportes[editar | editar código-fonte]

Ferrovias[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • Rodovias expressas
    • Rodovia Expressa Tōmei (Komaki IC (24) - Komaki)
    • Rodovia Expressa Chūō (Komaki Higashi IC (32) - Komaki)
  • Rodovias Nacionais
    • Rodovia Nacional Rota 41 (Meinō bypass)

Turismo[editar | editar código-fonte]

Outra atracção famosa é o jardim do chá Urakuen usado para a cerimónia do chá. É neste jardim que se situa a casa de chá Joan, construída em 1618 por Oda Uraku 1547-1621, o irmão mais novo de Oda Nobunaga. O mestre do chá Oda Uraku estudou as cerimónias com o famoso mestre do chá Sen no Rikyu. Ainda que a casa de chá Joan tenha sido construída inicialmente em Quioto, foi movida para a sua localização actual em 1972. O edifício é considerado um dos melhores exemplos da arquitectura de casas de chá.

Janela da casa de chá Joan no jardim do chá Urakuen

O rio Kiso tem ainda alguns rápidos, responsáveis por uma paisagem pitoresca, a montante do castelo. Estes rápidos e as suas formações rochosas são designadas por Nihon Rhine (Reno) em honra do rio Reno, na Alemanha. Podem-se fazer viagens de barco. Há quem faça ainda pesca com a ajuda de corvos-marinhos no rio Kiso ainda que seja apenas por motivos turísticos.

Perto de Inuyama está o Meiji Mura, um museu de arquitectura ao ar livre, para preservar a arte e a arquitectura japonesa do Período Meiji (1867-1912). Mais 60 edifícios históricos estão aí expostos numa área de cerca de 1,000,000m². O mais famoso é a entrada principal e o salão do antigo Hotel Imperial de Tóquio, desenhado por Frank Lloyd Wright e construído em 1923.

Paisagem a partir do Castelo

Outro antigo museu ao ar livre perto de Inuyama era também um parque de diversões e é chamado de "Pequeno museu do mundo humano". Neste museu antropológico encontra-se um largo acervo de edifícios construídos segundo a arquitectura vernácula de 22 países. O museu encontra-se actualmente encerrado devido a uma má gestão financeira.

Outro parque de diversões é o Parque japonês dos Macacos, com diferentes espécies de macacos, entre outras atracções.

Inuyama é também a sede do Instituto Regional de Primatas de Quioto da Universidade de Quioto, um dos principais centros de pesquisa no que diz respeito à biologia e comportamento de primatas (excluindo o ser humano, é claro). É aqui que vive o chimpanzé Ai.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Inuyama

Ligações externas[editar | editar código-fonte]