Io (linguagem de programação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Io
Criado por Steve Dekorte
Estilo de tipagem: dynamic, strong
Influenciada por Smalltalk, NewtonScript, Self, Lua, Lisp, Act1

Io é uma linguagem de programação puramente orientada a objetos inspirada por Smalltalk, Self, Lua, Lisp, Act1, e NewtonScript[1] . Io tem a prototype-based object model similar aos de Self e NewtonScript, eliminando a distinção entre instância e classe. Como em Smalltalk, tudo é um objeto, e usa tipagem dinâmica. Como Lisp, os programas são só uma árvore de dados. Io usa atores para concorrência, uma técnica raramente utilizada em linguagem de programação modernas.

Caracteriticas marcantes de Io são seu pequeno tamanho e abertura para usar recursos externos. [carece de fontes?] Io é executada por uma pequena, máquina virtual portatil.

História[editar | editar código-fonte]

A linguagem foi criada por Steve Dekorte por volta de 7 Março de 2002, depois de tentar ajudar um amigo, Dru Nelson, com sua linguagem, Cel. Ele descobriu que não sabia muita coisa sobre como as linguagens funcionavam, e começou a escrever uma pequena linguagem para entender melhor o problema.

Referências

  1. Io Programming Guide Guia de programação Io (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]