Iontoforese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

.

A iontoforese é a introdução de radicais químicos nos tecidos, através de um campo elétrico, produzido por uma corrente unidirecional. Durante essa introdução ocorrerá repulsão e atração iônica de acordo com a polaridade de cada elétrodo e assim sua interação com a membrana biológica.

Utilização da iontoforese[editar | editar código-fonte]

A tecnica da iontoforese é utilizada para vários objetivos fisioterapeuticos, tais como:

  • Vasodilatação: Com o uso de produtos como o iodo (Salicilato de metila-iodex)
  • Analgesia: Com o uso de Mechoyl, Pomalgex
  • Cicatrização de feridas: Com o uso de zinco (Oxido de zinco a 20%)
  • Relaxante muscular: Lidocaina (xilocaina a 1%)
  • Antiinflamatório: com Hidrocortisona ou diclofenaco de sódio.
  • Vários outros medicamentos.

É muito importante que o paciente consulte submeta-se a uma avaliação profissional, pois alguns fármacos podem não ser indicados para todas as pessoas. Sensibilidade ou reações alérgicas a um determinado fármaco são contra-indicações absolutas para a sua aplicação. Os profissionais capacitados para indicar a droga corretamente e principalmente em selecionar o tipo de corrente terapêutica são médicos, fisioterapeutas e farmacêuticos, que saberão qual a forma adequada para atender cada paciente.

Além da Iontoforese para a aplicação de medicamentos também existe a fonoforese que utiliza o ultra-som terapêutico para a introdução de fármacos na pele do paciente. O objetivo é o mesmo, porém a forma de aplicação segue principios biofísicos diferentes!