Iota Trianguli Australis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
ι Trianguli Australis
Dados observacionais (J2000)
Constelação Triangulum Australe
Asc. reta 16h 27m 57,3s[1]
Declinação -64° 03′ 28,6″[1]
Magnitude aparente 5,27[1]
Características
Tipo espectral F4 IV[1]
Cor (B-V) 0,38[2]
Variabilidade γ Doradus[3]
Astrometria
Velocidade radial -5,6 km/s[4]
Mov. próprio (AR) 53,12 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) 25,45 mas/a[1]
Paralaxe 25,77 ± 0,51 mas[1]
Distância 127 ± 3 anos-luz
38,8 ± 0,8 pc
Magnitude absoluta 2,34[2]
Detalhes
Massa 1,56[4] M
Raio 1,5[3] R
Gravidade superficial 3,97 cm/s² (log g)[4]
Luminosidade 4,9[3] L
Temperatura 6 820[2] K
Metalicidade [Fe/H] = -0,16[4]
Rotação 13 ± 0,9 km/s[2]
Idade 1,8 bilhões[4] de anos
Outras denominações
CD-63 1201, HR 6109, HD 147787, HIP 80645, SAO 253555.[1]
Iota Trianguli Australis
Triangulum Australe constellation map.png

Iota Trianguli Australis (ι TrA, ι Trianguli Australis) é uma estrela binária[5] na constelação de Triangulum Australe. Com uma magnitude aparente média de 5,27,[1] é visível a olho nu em locais com boas condições de visualização. De acordo com sua paralaxe de 25,77 milissegundos de arco, está a uma distância de aproximadamente 127 anos-luz (38,8 parsecs) da Terra.[1]

Iota Trianguli Australis é uma binária espectroscópica de linha dupla[3] com um período orbital de 39,89 dias e excentricidade de 0,28.[5] A estrela principal é uma subgigante de classe F, com um tipo espectral de F4 IV.[1] [5] Tem uma massa que equivale a 1,56 vezes a massa solar,[4] enquanto seu raio é igual a 1,5 vezes o raio solar.[3] Sua atmosfera irradia energia a uma taxa 4,9 vezes maior que a solar a uma temperatura efetiva de 6 820 K,[2] a qual lhe dá a coloração branco-amarelada típica de estrelas de classe F.[6] É também uma variável Gamma Doradus confirmada, variando de brilho regularmente em um período de 1,4556 dias.[3]

Um estrela de magnitude 9,7 encontra-se a 18 segundos de arco de Iota Trianguli Australis,[7] [8] formando uma binária óptica.[3] Essa estrela não está gravitacionalmente ligada ao sistema.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k SIMBAD query result - iot TrA. SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Página visitada em 17 de janeiro de 2014.
  2. a b c d e Ammler-von Eiff, M.; Reiners, A. (junho de 2012). "New measurements of rotation and differential rotation in A-F stars: are there two populations of differentially rotating stars?". Astronomy & Astrophysics 542: A116, 31 pp. DOI:10.1051/0004-6361/201118724. Bibcode2012A&A...542A.116A.
  3. a b c d e f g Henry, Gregory W.; Fekel, Francis C.; Henry, Stephen M. (agosto de 2011). "A Volume-limited Photometric Survey of 114 γ Doradus Candidates". The Astronomical Journal 142 (2): artigo 39, 28 pp. DOI:10.1088/0004-6256/142/2/39. Bibcode2011AJ....142...39H.
  4. a b c d e f Casagrande, L.; Schönrich, R.; Asplund, M.; Cassisi, S.; Ramírez, I.; Meléndez, J.; Bensby, T.; Feltzing, S. (junho de 2011). "New constraints on the chemical evolution of the solar neighbourhood and Galactic disc(s). Improved astrophysical parameters for the Geneva-Copenhagen Survey". Astronomy & Astrophysics 530: A138, 21 pp. DOI:10.1051/0004-6361/201016276. Bibcode2011A&A...530A.138C.
  5. a b c d Eggleton, P. P.; Tokovinin, A. A. (setembro de 2008), "A catalogue of multiplicity among bright stellar systems", Monthly Notices of the Royal Astronomical Society 389 (2): 869–879, doi:10.1111/j.1365-2966.2008.13596.x, Bibcode2008MNRAS.389..869E. 
  6. "The Colour of Stars", Australia Telescope, Outreach and Education (Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation), 21 de dezembro de 2004, http://outreach.atnf.csiro.au/education/senior/astrophysics/photometry_colour.html, visitado em 17 de janeiro de 2014 
  7. SIMBAD query result - coord 16 27 57.34498-64 03 28.5964 (ICRS, J2000, 2000.0), radius: 2 arcmin. SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Página visitada em 17 de janeiro de 2014.
  8. SIMBAD query result - CPD-63 3923B. SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Página visitada em 17 de janeiro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.