Iraí (Rio Grande do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Iraí
Bandeira de Iraí
Brasão de Iraí
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1 de julho de 1933 (81 anos)
Gentílico iraiense
Prefeito(a) Volmir Jose Bielski (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Iraí
Localização de Iraí no Rio Grande do Sul
Iraí está localizado em: Brasil
Iraí
Localização de Iraí no Brasil
27° 11' 38" S 53° 15' 03" O27° 11' 38" S 53° 15' 03" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Frederico Westphalen IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Alto Uruguai
Municípios limítrofes Ametista do Sul, Planalto, Alpestre, Frederico Westphalen, Vicente Dutra e Palmitos (SC).
Distância até a capital 435 km
Características geográficas
Área 182,185 km² [2]
População 8 078 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 44,34 hab./km²
Altitude 235 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,778 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 73 847,374 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 593,90 IBGE/2008[5]
Página oficial

Iraí é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. É conhecido como estância hidromineral. Suas águas minerais termais são recomendadas como método terapêutico por médicos e especialistas e atraem visitantes de todo o Brasil e de países vizinhos.

História[editar | editar código-fonte]

Em meados de 1893, um grupo de 200 habitantes provenientes do município de Cruz Alta, partidários da Revolução Federalista, cruzaram as terras pertencentes ao então município de Palmeira das Missões, rumo às barrancas do rio Uruguai, num percurso de 120 km. Nos primeiros tempos estes refugiados enfrentaram dificuldades por estarem isolados de qualquer núcleo populacional. Numa das suas incursões em busca de alimento, encontraram um local às margens de um arroio, com várias fontes quentes e frias que brotavam com grande força e cujas águas traziam um cheiro característico, atraindo, devido às suas qualidades, grande quantidade de animais de caça. Inicialmente denominaram o local das fontes de Barreiro do Mel pois a margens deste arroio era cercada de colmeias. Como em todo o Alto Uruguai, a região em que se localiza este município foi primitivamente habitado por Índios. Estes denominavam esta região por Irahy que na língua indígena significa: ira=mel e hy=água, tradução literal Águas do Mel. Termo que mais tarde seria adotado como nome do município.

Em 1914 o local onde se tomavam banhos no então 8º Distrito de Palmeira das Missões, não passava de um rancho de palha. Em 1918 diversas levas populacionais chegaram para povoar a região que nesta época já havia sido elevada ao posto de 2º Distrito de Palmeira das Missões. Em 1919 a população acolheu francamente a denominação Irahy, e por volta de 1937, seguindo os preceitos da nova ortografia, surgiu a grafia Iraí, que desde então permaneceu definitiva.

Em 1933 pelo Decreto nº 5.368 de 1º de julho, Iraí foi desmembrado de Palmeira das Missões constituindo-se em município. Foi instalada a prefeitura e tomou posse o seu primeiro prefeito, Dr. Vicente de Paula Dutra, em 13 de agosto de 1933.

Mais tarde, ao redor daquele local onde havia fontes naturais, no dia 20 de setembro de 1935, foi inaugurado o centro de tratamentos crenoterápicos Balneário Osvaldo Cruz, denominado assim em homenagem ao famoso médico sanitarista brasileiro. Na época o mais moderno da América Latina no ramo de prestação de serviços de crenoterapia, objetivando melhor qualidade dos serviços e o atendimento de um maior fluxo/dia de clientes. Sua edificação em concreto armado e formato cilíndrico, lembrando as antigas arenas romanas, foi estrategicamente planejada para suportar as grandes enchentes verificadas na várzea do Rio do Mel, próximo de onde o prédio do balneário foi construído, mais especificamente sobre a sua fonte principal de água mineral.

A água mineral do Balneário, jorra de uma fenda rochosa com vazão de 3,8 litros por segundo e possui temperatura de 36,5 °C. Esta, há muitos anos é renomada mundialmente por ter recebido medalha de ouro, em 1930, em Sevilha, na Espanha, por ocasião de uma exposição ibero-americana. Além disso, sua ação terapêutica no corpo humano, tanto externa como interna é muito conhecida na região. Esta água é classificada como água mineral, termal, alcalina, radioativa, bicarbonatada e clorossulfatada.

Iraí é conhecida como Cidade Saúde, devido às suas fontes de águas minerais. Essas águas devido à sua composição química são indicadas no tratamento de doenças de pele, fígado, rins, sistema nervoso, reumatismo, etc....

Durante os seus anos de atividade, diversas pessoas dedicaram sua vida profissional na equipe de funcionários do Balneário Osvaldo Cruz, pois este foi gerador de empregos no município, além de ser o carro-chefe do Turismo em Iraí[6] .

Em relação à etnia do município há predominância da origem italiana, mas há presença da origem alemã, polonesa, russa e luso-brasileira.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 27º11'37" sul e a uma longitude 53º15'02" oeste, estando a uma altitude de 235 metros. Sua população estimada em 2004 era de 8.470 habitantes.

Relevo

O município possui 73% de terras declivosas e 27% de terras planas.

  • Solos predominantes na região: solo ciríaco-charrua origem basáltica, são solos rasos (2 à 120 cm).
  • Aptidão dos solos agrícolas: apenas 30% da área do município é apta para culturas anuais e 70% para fruticultura, reflorestamento, pastagens e culturas permanentes.
  • Distribuição e uso do solo do município atualmente: Lavouras anuais: 10.500 ha; Pastagens naturais: 2.500 ha

Hidrografia

  • O rio Uruguai dista da cidade 2 km e faz divisa natural com o Estado de Santa Catarina; largura média no município é de aproximadamente 700 metros, as partes mais profundas chegam até 30 metros; as menos profundas chegam a pouco mais de 50 centímetros, em consequência, é navegável somente para barcos de pequeno calado; existem espécies de peixes como: surubi, dourado, piaba, tainha, cascudo, jundiá, lambari e outros.
  • Rio da Várzea: nasce no município de Carazinho, tendo como foz o Rio Uruguai; faz divisa natural com os municípios de Frederico Westphalen e Vicente Dutra; dista da cidade 8 km; profundidade média: 10 metros; largura média: 80 metros.
  • Rio do Mel: nasce no município de Gramado dos Loureiros e percorre Iraí de sul a norte, tendo como foz o Rio Uruguai; foi através deste rio que os desbravadores primitivos chegaram até as fontes termais; dista da cidade 200 metros; profundidade média: 2 metros; largura média 20 metros.

Clima

Temperatura alta no verão e relativamente baixa no inverno. De novembro a maio o termômetro registra temperaturas de até 40 ºC. De junho a outubro a temperatura baixa às vezes até 0 ºC. Iraí é semirrodeada por matas virgens, em consequência, o ar é extraordinariamente puro. Devido às quedas termométricas, as noites são agradáveis. Temperatura média anual: 19,5 ºC.[7]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1961 a 1984 e a partir de 1988, a menor temperatura registrada em Iraí foi de -3,4 ºC em 7 de agosto de 1963, e a maior atingiu 42,2 ºC em 3 de janeiro do mesmo ano.[8] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 200 milímetros (mm) em 13 de outubro de 2000. Outros grandes acumulados foram 165 mm em 24 de fevereiro de 1998, 151,4 mm em 14 de abril de 2008 e 150,6 mm em 22 de junho de 2011.[9] O maior volume total de precipitação acumulado em um mês foi registrado em fevereiro de 1998, de 629,6 mm, seguido pelos 555,2 mm em junho de 2014.[10] O menor índice de umidade do ar foi de 15 %, em 26 de junho de 2012, sendo que o recorde anterior havia sido registrado em 19 de setembro de 1976, de 16 %.[11]

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Iraí Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registrada (°C) 42,2 39,4 39,2 35,2 34,6 31 36,6 35,8 37,6 36,6 39 40 42,2
Temperatura máxima média (°C) 32,3 31,9 30,7 27,1 23,7 21,3 21,7 23,5 24,8 27,7 29,6 31,2 27,1
Temperatura média (°C) 24,6 24,5 22,9 19 16,1 14 14,2 15,5 17,6 19,8 22 23,7 19,5
Temperatura mínima média (°C) 18,7 19 17,6 13,3 10,9 9,1 9,1 10 12,1 13,7 15,8 17,7 13,9
Temperatura mínima registrada (°C) 7,8 7 5,4 1 -1,8 -2,8 -3,2 -3,4 -1,6 2,6 6,2 6,8 -3,4
Precipitação (mm) 172,4 150,8 134,3 114 147,1 159,3 123,2 159,6 179,2 174,2 154,8 137,9 1 806,7
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 11 10 9 6 7 8 8 9 10 10 9 8 105
Umidade relativa (%) 74 77 79 80 84 85 82 79 77 73 73 71 77,8
Horas de sol 240,7 199,6 198,7 183,1 171,6 141,2 150,8 157 146,3 201 216,5 253,1 2 259,6
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (normal climatológica de 1961-1990;[7] [12] [13] [14] [15] [16] [17] recordes de temperatura de 1961 a 1984 e a partir de 1988).[8]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Conhecida mundialmente por sua água mineral. Sendo considerada a segunda melhor água mineral do mundo. Possui uma diversidade de hotéis e parques, e um centro para banhos terapêuticos.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. http://www.camarairai.rs.gov.br/
  7. a b Temperatura Média Compensada (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  8. a b BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (ºC) e Temperatura Mínima (ºC) - Iraí Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  9. BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Precipitação (mm) - Iraí Banco de Dados Meteorológicos Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  10. BDMEP - Série Histórica - Dados Mensais - Precipitação Total (mm) - Iraí Banco de Dados Meteorológicos Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  11. BDMEP - Série Histórica - Dados Horários - Umidade Relativa (%) - Iraí Banco de Dados Meteorológicos Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 24 de agosto de 2014.
  12. Temperatura Máxima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  13. Temperatura Mínima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  14. Precipitação Acumulada Mensal e Anual (mm) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  15. Número de Dias com Precipitação Maior ou Igual a 1 mm (dias) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  16. Insolação Total (horas) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  17. Umidade Relativa do Ar Média Compensada (%) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 24 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.