Isabel Clark

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde fevereiro de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Isabel Clark
Snowboard
Nome completo Isabel Clark Ribeiro
Representante  Brasil
Nascimento 24 de outubro de 1976 (37 anos)
Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade Brasil brasileira
Nível Profissional

Isabel Clark Ribeiro (Rio de Janeiro, 24 de Outubro de 1976) é uma snowboarder brasileira.

Iniciou a carreira com 17 anos de idade. Onze vezes campeã brasileira consecutivas (1995 a 2005) e pentacampeã sul-americana (2001 a 2005), Isabel passa boa parte do ano fora do país, em treinos e competições.

Foi a porta-bandeira da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010.[1]

Snowboard[editar | editar código-fonte]

O primeiro contato com a neve e o snowboard, aconteceu quando foi visitar seu irmão que morava na Califórnia. Isabel (com 18 anos)foi conhecer o Big Bear (cadeia montanhosa do Sul da California) com seu irmão e amigos.

Lhes ensinaram a ficar em cima da prancha e desde então, se apaixonou pelo esporte.

Tem outras três irmãs e todas também praticam snowboard.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1995 foi campeã Brasileira de Snowboard em Valle Nevado, Chile.

1996 - Bicampeã Brasileira de Snowboard. Treina em Vail.

1997 - Segunda temporada em Vail. Mantém-se entre as 3 primeiras colocadas em competições locais. Participa do filme brasileiro de snowboard "Cool and Brazilian". Tricampeã Brasileira.

1998 - Tetracampeã Brasileira de Snowboard.

1999 - Começo da carreira de instrutora de snowboard em Mammoth Mountain, Califórnia e em Valle Nevado alguns meses depois. Pentacampeã Brasileira de Snowboard.

2000 - Temporada em Whistler, Canadá. Instrutora da escola de Whistler e nas horas vagas, muito treino e algumas competições locais. Participa do filme brasileiro de snowboard "Cool Trip". Compete em eventos da Copa Sul-Americana e rapidamente sobe para o topo do ranking feminino Sul-Americano.

2001 - Treina na Europa com o time francês. Primeira experiência em Copa do Mundo e Campeonato Mundial de snowboard. Temporada em Whistler. Campeã Sul-Americana e Brasileira (sétima vez).

2002 - Participa em etapas da Copa do Mundo na Europa e trabalha como instrutora em Whistler pela terceira temporada. Campeã Brasileria pela oitava vez.

2003 - Temporada treinando em Aspen e dando aulas de snowboard. Campeã Brasileira de Snowboard pela nona vez.

2004 - Temporada de treino e competições no Hemisfério Norte. Estados Unidos, Canadá, Japão e Europa. Temporada de treinos em Valle Nevado. Tetra Campeã Sul-Americana de snowboard e Campeã Brasileira pela décima vez. Isabel termina em 21ª na Copa do Mundo de Valle Nevado passando um obstáculo importante para a classificação Olímpica.

2005 - Com o apoio da CBDN, passa a temporada do Hemisfério Norte treinando e competindo. A base de treino é em Whistler. Em Big White, no Canadá, termina um SBX da Copa Norte Americana em 3ª, e logo depois, em Lake Placid, Estados Unidos, em uma Copa do Mundo, consegue a 15ª posição. Com os pontos acumulados nestas 2 competições, Isabel consegue a classificação Olímpica. Fecha apoio com Valle Nevado e passa toda a temporada treinando no centro de ski. Campeã de duas etapas da Copa Milo, vice-campeã na Copa Continental Chilena e fica classificada como nº 23 do mundo depois das duas etapas da Copa do Mundo de Valle Nevado. Também se consagra Campeã Brasileira pela 11ª vez e Campeã Sul-Americana.

2006 - No começo da temporada, Isabel vai para o Canadá treinar e competir na Copa do Mundo de Whistler, onde conquista o 8° lugar. Depois de Whistler, em Janeiro vai para Europa participar em etapas da Copa do Mundo e treinar para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2006 em Turim, Itália. Em Fevereiro, Isabel consegue uma marca histórica nas Olimpíadas de Inverno, conquista o 9° lugar. Passa a temporada Austral treinando no Chile. Participa de competições locais e do Campeonato Brasileiro em El Colorado, Chile.

2007 – No Hemisfério Norte, Isabel treina na Europa, compete no Mundial da Suíça e em várias etapas da Copa Européia e Fis Race. No Hemisfério Sul, treino no Chile seguido do Campeonato Brasileiro e Copa do Mundo.

2008 – Isabel participa de quase todas as etapas da Copa do Mundo, e conquista um 13˚ lugar na Suíça, e um 11˚ lugar no Japão. No Hemisfério Sul, depois de 2 meses e meio de treino em pista, a equipe parte para Chapelco, Argentina, para competir no Campeonato Brasileiro e a primeira etapa da Copa do Mundo. A etapa da Copa do Mundo é pela primeira vez uma etapa brasileira, (organizada pela Confederação Brasileira).

2009 – Ano Pré-Olímpico, Isabel faz todas as etapas da Copa do Mundo e Campeonato Mundial. Termina em 7ª lugar nos EUA, 13ª na Espanha e 12ª na Itália. Terminando em 13ª no ranking de 2009 da Copa do Mundo e 12ª na lista especial para os Jogos Olímpicos.

2010 - Porta-bandeira da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, e única atleta da América Latina classificada para a competição.

2012 - 12ª colocação na Copa do Mundo de snowboardcross.[2]

Também foi escolhida como a "melhor atleta em esportes de neve", pelo COB, de 2003 a 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. esporte.uol.com.br Isabel Clark será a porta-bandeira brasileira na cerimônia de abertura. Acessado em 05/03/2012.
  2. gazetaesportiva.net Isabel Clark consegue 12ª colocação na Copa do Mundo de snowboardcross. Acessado em 05/03/2012.
Snowboarding pictogram.svg Este artigo sobre um(a) snowboarder, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.