Isabel, Duquesa de Brabante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Isabel da Bélgica)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde junho de 2012)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Isabel
Duquesa de Brabante
Nome completo
Isabel Teresa Maria Helena
Casa Saxe-Coburgo-Gota
Pai Filipe da Bélgica
Mãe Matilde d'Udekem d'Acoz
Nascimento 25 de outubro de 2001 (13 anos)
Hospital Erasmo, Anderlecht, Bélgica
Religião Catolicismo
Família real belga
Casa de Saxe-Coburgo-Gota
Great coat of arms of Belgium.svg

SM o Rei
SM a Rainha


SM o rei Alberto II
SM a rainha Paola


  • SAR a princesa Léa
  • SAR a princesa Maria Cristina
  • SAR a princesa Maria Esmeralda

Isabel Teresa Maria Helena (Anderlecht, 25 de outubro de 2001) é a filha mais velha do rei Filipe da Bélgica e sua esposa Matilde d'Ukedem d'Acoz. Como herdeira aparente do trono belga, ela possui por direito próprio o título de Duquesa de Brabante.

Nascimento[editar | editar código-fonte]

Isabel nasceu a partir de uma cesariana às 21h58min do dia 25 de outubro de 2001 no Hospital Erasmo, Anderlecht, Bélgica. Era a filha mais velha do então príncipe Filipe, Duque de Brabante, e sua esposa Matilde d'Udekem d'Acoz. Ela foi batizada em 9 de dezembro na capela do Castelo Real de Ciergnon pelo cardeal Godfried Danneels, Arcebispo de Malinas-Bruxelas. Seus padrinhos foram seu primo o príncipe Amadeu da Bélgica, Arquiduque de Áustria-Este, e sua tia a condessa Hélène d'Udekem d'Acoz.

Educação[editar | editar código-fonte]

Primeira educação[editar | editar código-fonte]

Em 2005, a princesa Isabel ingressou na escola pública Saint-Jan Berchmanscollege, onde estuda nas línguas oficiais da Bélgica. Todos os anos os seus pais acompanham ela e seus irmãos no primeiro dia de aula.[1]

Herdeira do trono[editar | editar código-fonte]

Em 1991, a lei sálica foi extinta na Bélgica, conferindo plenos direitos sucessórios às princesas da Bélgica e aos seus descendentes. Como filha primogênita do rei, Isabel detém o título de Duquesa de Brabante e ocupa o primeiro lugar na linha de sucessão, e é esperado que eventualmente se torne a primeira mulher a ocupar o trono belga.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]