Isabel da Pomerânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Isabel da Pomerânia
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico
Rainha consorte da Germânia e Boêmia
Reinado 1363 – 1376
Cônjuge Carlos IV, Sacro Imperador Romano-Germânico
Descendência
Ana, rainha de Inglaterra
Sigismundo, Sacra Imperador Romano-Germânico
John, duque de Görlitz
Margarida de Boêmia,Burgravina de Nuremberg
Casa Casa de Pomerânia (por nascimento)
Casa de Luxemburgo (por casamento)
Pai Bogislau V, duque da Pomerânia
Mãe Isabel da Polônia, duquesa da Pomerânia
Nascimento 1347
Morte 15 de abril de 1393 (45/46 anos)
Hradec Králové, República Checa
Enterro Catedral de São Vito, Praga, República Checa

Isabel da Pomerânia (1347 - 15 de abril de 1393) foi a quarta e última consorte de Carlos IV, imperador do Sacro Império Romano e rei da Boêmia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era a filha mais velha de Bogislau V da Pomerânia e de Isabel da Polônia.

Em 21 de maio de 1363, em Cracóvia, casou-se com Carlos IV, rei da Boêmia e imperador do Sacro Império Romano. Isabel estava com aproximadamente dezesseis anos, enquanto que Carlos estava com quarenta e sete. O casamento se deu um ano após a morte da terceira esposa de Carlos, Ana de Swidnica, por motivos políticos, já que a união ajudou a quebrar a coalizão anti-tcheca liderada por Rodolfo IV da Áustria, com os reis da Polônia e da Hungria como participantes.

Reporta-se que Isabel foi uma mulher muito vigorosa, auto-confiante e fisicamente forte, tendo dado a luz a cinco filhos:

  1. Ana (11 de julho de 1366 - 7 de agosto de 1394), rainha consorte da Inglaterra por casamento com Ricardo II;
  2. Sigismundo (15 de fevereiro de 1368 - 9 de dezembro de 1437), marquês de Brandemburgo, rei da Hungria, rei da Boêmia e imperador do Sacro Império Romano;
  3. João (22 de junho de 1370 - 1 de março de 1396), marquês de Luxemburgo;
  4. Carlos (13 de março de 1372 - 24 de julho de 24 de julho de 1373);
  5. Margarida (29 de setembro de 1373 - 4 de junho de 1410), burgravina de Nurembergue por casamento com João III de Nurembergue;
  6. Henrique (agosto de 1377 - c. 1378).

Depois da morte de Carlos, em 29 de novembro de 1378, o enteado de Isabel, Venceslau IV, filho da esposa anterior de Carlos, ascendeu ao trono. Isabel então passou a dedicar sua vida aos filhos, especialmente Sigismundo, o qual apoiou para se tornar rei da Hungria. Faleceu em Hradec Králové, com cerca de 46 anos de idade, e seu corpo foi sepultado ao lado do de seu esposo, na Catedral de São Vito, em Praga.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Ana de Swidnica
Rainha da Boêmia
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico

21 de maio de 1363 - 29 de novembro de 1378
Sucedida por:
Joana da Baviera