Isabel da Pomerânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Eliška Pomořanská.jpg

Isabel da Pomerânia (1347 - 15 de abril de 1393) foi a quarta e última consorte de Carlos IV, imperador do Sacro Império Romano e rei da Boêmia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era a filha mais velha de Bogislau V da Pomerânia e de Isabel da Polônia.

Em 21 de maio de 1363, em Cracóvia, casou-se com Carlos IV, rei da Boêmia e imperador do Sacro Império Romano. Isabel estava com aproximadamente dezesseis anos, enquanto que Carlos estava com quarenta e sete. O casamento se deu um ano após a morte da terceira esposa de Carlos, Ana de Swidnica, por motivos políticos, já que a união ajudou a quebrar a coalizão anti-tcheca liderada por Rodolfo IV da Áustria, com os reis da Polônia e da Hungria como participantes.

Reporta-se que Isabel foi uma mulher muito vigorosa, auto-confiante e fisicamente forte, tendo dado a luz a cinco filhos:

  1. Ana (11 de julho de 1366 - 7 de agosto de 1394), rainha consorte da Inglaterra por casamento com Ricardo II;
  2. Sigismundo (15 de fevereiro de 1368 - 9 de dezembro de 1437), marquês de Brandemburgo, rei da Hungria, rei da Boêmia e imperador do Sacro Império Romano;
  3. João (22 de junho de 1370 - 1 de março de 1396), marquês de Luxemburgo;
  4. Carlos (13 de março de 1372 - 24 de julho de 24 de julho de 1373);
  5. Margarida (29 de setembro de 1373 - 4 de junho de 1410), burgravina de Nurembergue por casamento com João III de Nurembergue;
  6. Henrique (agosto de 1377 - c. 1378).

Depois da morte de Carlos, em 29 de novembro de 1378, o enteado de Isabel, Venceslau IV, filho da esposa anterior de Carlos, ascendeu ao trono. Isabel então passou a dedicar sua vida aos filhos, especialmente Sigismundo, o qual apoiou para se tornar rei da Hungria. Faleceu em Hradec Králové, com cerca de 46 anos de idade, e seu corpo foi sepultado ao lado do de seu esposo, na Catedral de São Vito, em Praga.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Ana de Swidnica
Rainha da Boêmia
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico

21 de maio de 1363 - 29 de novembro de 1378
Sucedida por:
Joana da Baviera