Isolamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa



Em sua acepção original, isolamento se refere à separação de um certo elemento de seus iguais. Em termo psicológico é uma atuação auto-tratável, a qual um individuo se ausenta da condição de alvo contra pertubações adicionais, podendo se concentra na pertubação maior quando há uma ou simplismente se livrando do ataque conjunto das pequenas. Considerado um ato quase suicida, mas ainda é claramente um réplica a qualquer fim contra a vida. Acontece que estando em descendência sanal um individuo em isolamento se põe a afrontar isoladamente seu perseguidor como ultima alternativa, muitas vezes os danos pelas pertubações adicionais tornam o isolamento um extensão de vida em que o individuo permanece definhando mentalmente pois os ferimento lhe impedem de vencer mesmo que de maneira paril. Como se fosse um ser com vários ferimentos que se isola dos demais agressores a seu favor e concentra se a derrotar o principal, porem estar tão ferido só lhe resulta em um fim mais demorado e doloroso. Neste isolamento a vitima esta muito prejudicada e dificilmente consegue reerguer-se em mão do próprio ato, isso traz a ideia ultrapassada de insanidade contra própria vida.

A psicologia lógica moderna vê o isolamento e o trata como doença que vem e vai com tratamento, não trata-la é como não tratar um doença patológica qualquer, havera reflexo em corpo assim como o comportamento do isolamento é o reflexo desta doença.

A doença é causada por stress extremo a condição de normalidade de um ser, podemos achar vitimas desde seres humanos até animais. O fator agravante é a recorrência, embora curtas são muitas, e quando poucas são longas, estes ataques podem ser inúmeras coisas, desde castigos, surras, gritos, barulhos irritantes, etc.. tudo aquilo que perturbar a normalidade de uma mente de forma que ela não consegue recobrar sua paz vem a ser um causador. Embora nem todos sintam os efeitos, os comportamentos são agressores ainda, por questões de padrão a mente pessoa atingida.

O tratamento é dado por reversão ao causador do negativismo, nunca gerada diretamente, mas por meio de outros que geram no cérebro substancias acalmantes ao mesmo tempo que desviam a concentração para alguma atividade. Muitas clinicas apresentam atividades que estimulam a adrenalina e pedem concentração. todas as atividade proposta são acompanhadas para não haver riscos em caso de perda de concentração, uma vez que maioria das atividades que geram adrenalina e concentração são radicais alem da necessidade de quebrar a vivencia isolada.

A palavra, no entanto, pode se referir aos seguintes contextos:

  • Na construção civil e na arquitetura, o isolamento pode estar associado ao isolamento acústico e térmico das edificações.
  • Na engenharia pode se referir a desconectar partes próximas, torna-las independentes sendo elas parte de um conjunto o grupo.
  • Nos projetos elétricos pode se referir a isolamento elétrico
  • A palavra pode se referir também a regimes diferenciados de detenção.
  • Ainda refere a doença mental tratável e forma pessoal ou personalidade normal.