Italiotas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colônias e dialetos da Magna Grécia

Os italiotas foram um povo pré-românico que habitou a península Itálica, entre Nápoles e a Sicília.

História[editar | editar código-fonte]

Os italiotas chegaram à península Itálica por volta de 2 000 a.C., vindos da Grécia. Durante a República Romana e o Império Romano. Eles eram os povos que se dedicavam ao pastoreio. Os italiotas descendentes dos colonos gregos foram segregados dos não gregos do sul da Itália. Os grikos são seus descendentes, os quais ainda são, raramente, chamados por italiotas. Subdividiam-se em diversas tribos, como as dos latinos, dos volscos, dos équos, dos úmbrios, dos sabinos e dos samnitas. Os italiotas junto com Gauleses, Sabinos, Etruscos, e Latinos Gregos ocupavam principalmente a península itálica, pelo fato de ter um solo mais fértil que o da Grécia.

Ícone de esboço Este artigo sobre a Itália é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.