Itapejara d'Oeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Município de Itapejara d'Oeste
Bandeira de Itapejara d'Oeste
Brasão de Itapejara d'Oeste
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 14 de dezembro de 1964
Gentílico itapejarense
Prefeito(a) Eliandro Luiz Pichetti (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Itapejara d'Oeste
Localização de Itapejara d'Oeste no Paraná
Itapejara d'Oeste está localizado em: Brasil
Itapejara d'Oeste
Localização de Itapejara d'Oeste no Brasil
25° 57' 54" S 52° 48' 57" O25° 57' 54" S 52° 48' 57" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Sudoeste Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Pato Branco IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Bom Sucesso do Sul, Coronel Vivida, Francisco Beltrão, Pato Branco, São João e Verê
Distância até a capital 443 86 km
Características geográficas
Área 254,077 km² [2]
População 10 532 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 41,45 hab./km²
Altitude 632 metros m
Clima Subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,802 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 155 606,038 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 14 040,06 IBGE/2008[5]
Página oficial

Itapejara d'Oeste é um município brasileiro do estado do Paraná. Foi desmembrado de Francisco Beltrão e Pato Branco em 1964 e povoado por imigrantes oriundos dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Possui uma localização favorecida, está situado entre os principais municípios do Sudoeste Paranaense.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1937 nasce, na região ainda não desbravada, um novo lugarejo denominado inicialmente como Lajeado dos Guedes, entretanto seu verdadeiro desenvolvimento só veio a ocorrer nas décadas de 50 e 60, com a sua emancipação.

Porém antes desse importante fato ocorrer essa vila atraía cada vez mais imigrantes, oriundos principalmente dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, fato que ainda hoje reflete na cultura do município.

Seu primeiro nome oficial foi Chá da Gralha, sendo subordinado ao distrito de Coxilha Rica, que na época era mais desenvolvido, e só não se tornou a sede do novo município porque o dono das terras queria muito pela venda das mesmas.

Com o passar do tempo, a vila progrediu bastante, fazendo jus a cognominação de Capital do Progresso. Descontentes como nome de então, em 1950 os moradores resolveram mudar o nome do vilarejo para Tapejara, mudado posteriormente para Itapejara devido à existência de uma cidade homônima e pela vontade de batizar a cidade conforme uma característica própria, pois Itapejara significa pedregulho ou caminho das pedras na língua tupi. Em 1951 foi acrescentado o termo d'oeste, formando assim, o nome do atual município.

Após várias revindicações, a tão almejada emanpicação foi alcançada, o município foi criado através da Lei Estadual nº 4859, de 28 de abril de 1964, e instalado em 14 de dezembro do mesmo ano. Foi desmembrado de Pato Branco e Francisco Beltrão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.